Lua Blanco, Micael Borges, Sophia Abrahão, Chay Suede, Mel Fronckowiak e Arthur Aguiar
Reprodução/Twitter
Lua Blanco, Micael Borges, Sophia Abrahão, Chay Suede, Mel Fronckowiak e Arthur Aguiar


Lua Blanco, que estrelou "Rebelde",  ao lado de Sophia Abrahão, Micael Borges,  Arthur Aguiar, do "BBB 22", Chay Suede e Mel Fronckowiak, publicou um registro ao lado dos demais atores e fez uma revelação parecida com a de  Marcos Mion quando ele ingressou na Globo e assumiu o comando do "Caldeirão do Huck".

É que, no período em que esteve contratado pela emissora do bispo Edir Macedo, o ex-comandante de "A Fazenda" era "obrigado" a  dar preferência a moletons e camisas de manga comprida devido a uma tatuagem de Nossa Senhora Aparecida que mantém no antebraço. Ao contrário de outras denominações religiosas, como a católica, os evangélicos não cultuam imagens de santos.


Leia Também

Não bastou apenas mostrar o retrato; Lua também explicou o fato inusitado por trás dele. "Curiosidade sobre essa foto: a RecordTV cortou o meu dedo mindinho e o do Micael Borges, pois não queria que fizéssemos o gesto do rock'n'roll", começou dizendo a neta do compositor Billy Blanco e artista que deu vida à Roberta Messi na novela infantojuvenil, fazendo referência ao chamado "chifrinho do metal".

A partir daí, a interação rolou solta.  Micael, aliás, foi um dos primeiros a escrever na postagem. "Na empresa não podia esse tipo de símbolo", destacou Mika, entre emoji de risos. Já outra usuária do Twitter pegou carona no confinamento do intérprete de Diego Maldonado no reality show global para sugerir: "O mínimo é uma festa de RBR quando Arthur for líder".


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários