Antonia Fontenelle
Reprodução/Instagram
Antonia Fontenelle


Após afirmar que a Secretaria da Cultura está "cheia de amiguinhos de Mario Frias" e que nenhum deles "é qualificado para estar lá", inclusive o próprio secretário especial,  Antonia Fontenelle foi às redes sociais repercutir a participação de Jair Bolsonaro no programa "Pânico", na estreia do canal Jovem Pan News, nesta quarta-feira (27).

"Quando digo que o presidente está mal cercado há quem duvide. Isso é comunicação? Cadê a assessoria do chefe de Estado? Como não se combina antes o que vai acontecer? Sinto muito, Bolsonaro, se eu imaginasse, teria solicitado a participação do senhor para a minha estreia", escreveu a  apresentadora e youtuber, que terá um talk show  semanal na programação da emissora.


Leia Também

Leia Também

O desentendimento começou porque o humorista André Marinho, filho do ex-aliado Paulo Marinho, havia perguntado ao dirigente, sem citar o senador Flávio Bolsonaro, se quem pratica "rachadinha" deveria ser preso. Visivelmente irritado, o ex-capitão disse que não iria responder à provocação porque o "pai dele quer a cadeira de Flávio no Senado''. Logo em seguida, abandonou a transmissão.




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários