Aguinaldo Silva e Jon Kent, conhecido nas histórias em quadrinhos por herdar o posto do pai, Clark Kent
Reprodução/Instagram
Aguinaldo Silva e Jon Kent, conhecido nas histórias em quadrinhos por herdar o posto do pai, Clark Kent


Aguinaldo Silva  também foi às redes sociais dar a sua opinião sobre a decisão da DC Comics de que, na nova iteração do super-herói mais poderoso das HQs, assinada por Tom Taylor e John Timms,  Superman será bissexual. Só que, no meio do caminho, ele acabou se enrolando, misturando os personagens e se justificando em seguida.   

"Não tenho nada contra o Superman ter saído do armário e se revelado bissexual — pelo contrário enchi-me de orgulho. Mas ficaria mais orgulhoso se os roteiristas tivessem criado um Supergayman original, sem ter que apelar para o eternamente apaixonado por Lois Lane no passado", disse.


Leia Também


Depois, com a interação e os avisos dos usuários do Twitter, o  dramaturgo fez uma nova publicação a fim de se retratar: "Gente, me perdoe, errei feio, fiz igual à minha vizinha Bette, que só lê as três primeiras palavras da notícia e a interpreta livremente: o Superman continua hétero, o filho dele com a Lois Lane é que é bissexual".

Para quem ainda não está por dentro do acontecimento, a editora compartilhou uma imagem de "Superman: Son of Kal-El" na internet em que Jon Kent, herdeiro de Clark Kent e Lois Lane, e o jornalista Jay Nakamura aparecem se beijando.  "Não é um truque para chamar atenção", salientou Taylor, profissional responsável pelo roteiro.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários