Daniela Albuquerque e Lilian Gonçalves
RedeTV!/Divulgação
Daniela Albuquerque e Lilian Gonçalves


Lilian Gonçalves, que é proprietária da rede Biroska, um conglomerado de bares, restaurantes e casas de shows na rua Canuto do Val, em Santa Cecília, região central de São Paulo, comentou sobre a fase mais desafiadora que tem vivido ao longo de seus setenta e três anos. "Nunca imaginei passar por um momento como esse", desabafou ela, que, devido à pandemia do coronavírus, precisou encerrar parte de seus negócios.

Apesar do baque emocional, a filha de Nelson Gonçalves, que inspirou a minissérie global cuja temática foi o ex-presidente Juscelino Kubitschek (1902-1976), tem conseguido manter as contas em dia e revelou, inclusive, que alguns artistas a procuraram para pedir suporte financeiro, entre eles,  Agnaldo Timóteo, falecido em abril deste ano, por complicações da Covid-19.

Agnaldo Timóteo
Divulgação/TV Globo
Agnaldo Timóteo


"O último telefonema que recebi foi do Agnaldo. Eu falei que queria que ele fosse a grande atração do bar quando reabrisse, e foi aí que me pediu para ajudá-lo. Ajudei [financeiramente] com o maior prazer do mundo porque estava realmente sem nada. 'Lilian, deposita um pouquinho aí', e disse: 'Para já!'", lembrou durante o bate-papo com Dani Albuquerque.

Um mês antes de morrer, Timóteo fez um testamento deixando metade do seu patrimônio, avaliado em R$ 16 milhões, para a filha Keyty Evelyn.  Segundo o jornal "Extra", a menina foi criada pelo cantor desde os dois anos e se tornou sua maior herdeira. Ainda de acordo com a vontade do músico, os outros 50% dos bens terão que ser divididos entre dois afilhados (10% cada um) e dois dos seus seis irmãos.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários