Cantor Leoni
Reprodução/Instagram
Cantor Leoni


Autor de grandes clássicos, como "Fixação, "Exagerado" e "A Fórmula do Amor", Leoni, ex-integrante dos grupos Kid Abelha e Heróis da Resistência, comentou como anda o seu processo criativo em meio ao caos. De início, usou o Twitter para fazer indagações acerca da dificuldade de produzir algo nesses tempos: "Como falar sobre o nosso afogamento enquanto estamos nos afogando? Como falar sobre qualquer outra coisa que não seja o nosso afogamento?".


As perguntas estimularam a participação dos seguidores. "Escreve sobre o fanatismo petista que fortalece o Jair Bolsonaro ", sugeriu um, que acabou levando uma invertida do artista: "Por que eu falaria uma merd* dessas?". Já outro relembrou: "As melhores letras sobre a ditadura foram feitas na época da ditadura. Acho que o mais difícil é justamente expressar a dor enquanto está doendo. Assim se separam os compositores dos que produzem clichês de autoajuda".

Em outro post, que diz respeito à conversa dos brothers do "BBB 21", em especial o posicionamento de Sarah Andrade, que confessou gostar do presidente, ele destacou: "O que espanta é que pessoas articuladas, sensíveis e, em muitas ocasiões, empáticas tenham qualquer apreço por um ser rastejante e cruel como Bolsonaro. Esperaria isso de outros participantes". A partir daí, a coisa degringolou. "Não esqueçamos que lá é um jogo", retrucou uma internauta.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários