Maria Rita
Reprodução
Maria Rita


Maria Rita usou o Twitter para expor seu inconformismo contra a nova ação publicitária da Amstel, uma das patrocinadoras do  "Big Brother Brasil 21", que traz a participação de personalidades e influenciadores digitais. Em um dos posts, a dona dos sucessos "A Festa" e "Cara Valente" destacou: "Xô ver se eu entendi. Sério que as pessoas estão negociando publi para ter opinião sobre questões éticas? Estão colocando preço em empatia? Num momento como esse que vivemos? Não canso de me chocar". 

Apesar de não citar nomes, ela se referiu à campanha encabeçada por Lorrane Silva, a Pequena Lô, Thelma Assis, médica e campeã da edição passada do reality show da Globo, e a cantora Preta Gil. Esta, inclusive, fez questão de deixar claro que se tratava de um conteúdo pago:  "Não concordei com as atitudes da Karol Conká no 'BBB21'. Sempre questionei se a propagação de ódio e o cancelamento são o caminho. Espero que ela aprenda com os erros e seja muito feliz". 

Por fim, mas não menos importante, a filha de Elis Regina ainda explicou o motivo de seu descontentamento: "A mensagem que fica é: 'Pra você, quanto custa ter empatia?'. Eu estou chocada". O fato a deixou tão perplexa que ela não pensou duas vezes ao dar uma resposta para o internauta que justificou que Lô, Thelminha e Preta tinham boletos para pagar: "Ah, para mano. Vender sanduíche na praia tem mais honra, varrer chão, lavar louça, trocar fralda. Eu estou indignada".



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários