Sophia Abrahão, Duda Nagle e Gutemberg Brito em divulgação de Amores que Enganam
Reprodução/ Instagram
Sophia Abrahão, Duda Nagle e Gutemberg Brito em divulgação de Amores que Enganam

Assim como a personagem Amanda da série Amores que Enganam, produção inédita do canal Lifetime, a atriz Sophia Abrahão passou por situações de abuso em sua vida profissional e pessoal. "Não passei impune a isso na minha vida. Em outros momentos de mais imaturidade, mais ingenuidade, assim como a minha personagem, me deixei levar por muitas situações", revelou.

Cada episódio da trama mostra um cenário diferente de abuso similar ao da vida real, e Sophia percebeu que a história pode fazer o público transformar sua visão de mundo. Além disso, ela acredita que poderá ajudar muitas mulheres a não passar por situações de violência.

A coluna participou da coletiva de imprensa da série do Lifetime, realizada na segunda-feira (1º). Sophia, protagonista da história, já declarou em entrevistas anteriores que já enfrentou situações desagradáveis ao longo da vida, principalmente a respeito dos figurinos que usava. Mas hoje ela mostra uma outra visão a respeito dos abusos que sofreu:

"Esse senso de autopreservação, de impor limites, você pode desenvolver mais cedo na sua vida, mas no meu caso foi só com a maturidade, colocando limites até onde outras pessoas poderiam me invadir."

Ela também falou da felicidade em encontrar muitos componentes femininos na produção da série Amores que Enganam, principalmente em altos cargos. "Mulheres fortes, inteligentes, habilidosas, foi um orgulho. Espero que eu possa estar cada vez mais em séries assim, comandado por mulheres, não só por mulheres, mas que a gente tenha cada vez mais oportunidade", contou Sophia.

Amores que Enganam estreia no próximo sábado (6), no canal Lifetime. A trama traz histórias de mulheres em situações cotidianas de relacionamentos abusivos. A trama caótica e complexa vai falar do amor, confiança e ilusão que muitas vivem. Além de trazer o sofrimento, traição e desilusão que podem levar a um crime passional. É uma série antológica, cada episódio conta uma história diferente, trazendo diferentes pontos de onde podem surgir um abuso.

Duda Nagle interpreta Patrick na trama, um rapaz com transtornos obsessivos que chegará aos extremos para conseguir ficar com Amanda (interpretada por Sophia Abrahão). O ator quer que o público consiga identificar pessoas tóxicas na vida real, assim como seu personagem. 

"A série  tem um pouco dessa função, que é usar a ficção como forma de passar uma referência para gente não ter que aprender com as próprias frustrações", declarou. Além disso, o ator falou como é perigoso se relacionar com pessoas desconhecidas, principalmente por aplicativos na internet. E não deixou de citar sua atuação como mentor de Zoe, sua filha de três anos. "Como pai participo na jornada dela, preparando para todas as possibilidades de perigo."

Sophia Abrahão e Duda Nagle compartilham a cena e também pensamentos parecidos sobre Amores que Enganam. Eles acreditam que a série  tem um papel social de retratar experiências de relacionamentos abusivos que podem salvar a vida de muitas mulheres que passaram ou podem passar por isso. 

*Com a colaboração de Amanda Moreira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários