Globo força a barra por Patrícia Poeta e transforma tragédias em samba
Reprodução/Globo
Globo força a barra por Patrícia Poeta e transforma tragédias em samba

Mais um ponto negativo para o novo Encontro, apresentado por Patrícia Poeta: o quadro Cantando Notícias, apresentado nesta sexta-feira (15), liderado pelo compositor e músico Edu Krieger, criou um samba com as principais notícias da semana para apresentar para os telespectadores um resumão do que aconteceu. O problema é que os destaques usados nas estrofes foram tragédias. E a música pegou muito mal.

O samba logo começou com vídeos da apresentadora e de alguns convidados dançando no programa: "Pois a semana foi braba demais. Esse canto é repleto de amor. Esse canto é um pedido de paz". Em seguida, Edu comentou sobre o incêndio em um prédio na rua 25 de Março, em São Paulo, e sobre as queimadas que estão rolando na Europa.

"Foi uma semana que já começou muito quente!", cantarolou. Depois de citar o calor exagerado no velho continente, o músico mencionou o preço da gasolina e do leite: "Posso botar meu carro de novo na rua, mas a gangorra econômica brinca com a gente, e agora é o leite que tá com o preço na lua".

Em seguida, Edu abordou o assunto político no Brasil e no mundo, e mencionou o caso do homem que foi assassinado durante uma festa de aniversário por ser apoiador do PT. Ele cantou "Foi o extremismo somado com uma arma na mão" enquanto mostrava cenas do triste episódio.

Edu voltou com o refrão, afirmando que a canção é um pedido de paz. Depois, ele citou o caso do médico estuprador que abusou de uma paciente no hospital, enquanto dava à luz. O músico aproveitou e fez uma 'crítica' à pressão estética sobre a sociedade, em especial as mulheres. Em seguida, Anitta é citada sobre a endometriose que revelou aos seguidores no começo da semana.

Saindo do mundo das notícias, o compositor abordou os últimos acontecimentos de Pantanal: "O Zé Lucas faz tempo que não tem mais respeito (...) e olha a Zefa arrasando no Cavalo Preto". Ele mencionou os casamentos que estão para acontecer na trama e finalizou falando da Maria Bruaca dando em cima dos peões.

"Junta a Bruaca e peões, vira um Deus nos acuda. Dá uma quentura maior que o verão europeu. Cantando notícias ao som do tambor e a tristeza ficou para trás. Pois agora, vamo embora, sextou! E semana que vem eu canto mais", finalizou, virando alvo de críticas nas redes sociais.

"Mas que diabo de público é esse que acha de boas falar da morte de alguém em ritmo de samba?", escreveu um internauta. "Os caras complicaram um monte de desgraça numa música com melodia alegre e uma letra totalmente pesada, que isso cara, que maluquice", respondeu outro.

E como diria Isabela Boscov, meme no TikTok: Eu automaticamente tenho crise de ansieade! É inovador e revoluncinário? Não!  

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários