Gusttavo Lima foi condenado a pagar indenização por conta de trollagem que promoveu em suas redes sociais
Reprodução/Instagram
Gusttavo Lima foi condenado a pagar indenização por conta de trollagem que promoveu em suas redes sociais


A maré de azar de Gusttavo Lima parece não ter fim. Principal alvo de investigações na CPI do Sertanejo (movimento que surgiu na internet, mas que de fato ainda não se trata de uma CPI), o cantor acaba de sofrer mais um revés em sua vida profissional: foi condenado pela Justiça e terá que pagar uma indenização de R$ 50 mil a uma mulher que foi vítima de uma de suas músicas.


Gusttavo foi processado por conta da música Bloqueado, que traz em uma de suas estrofes o número de um telefone. O problema é que a verdadeira dona do número em questão passou a receber inúmeras ligações e mensagens de fãs do sertanejo, que passaram a lhe importunar com trotes e brincadeiras que tiraram seu sossego.

Luciana Alves Pereira Campos, dona do telefone em questão, entrou na Justiça para pedir que seu número fosse imediatamente retirado da letra e substituído por qualquer outra informação que não lhe trouxesse incômodos. No processo também consta o pedido para que os vídeos divulgados em redes sociais e plataformas como o YouTube fossem editados ou retirados do ar. Além disso, também pediu uma indenização de R$ 210 mil.

Para piorar toda a situação, o cantor usou suas redes sociais para incentivar seus milhões de seguidores para telefonarem para o número de sua música e descobrirem quem era o titular da linha, para o desespero de Luciana, que passou a ser bombardeada de ligações e mensagens após a "brincadeira" do artista.

O sertanejo sequer deu atenção ao processo e nem mobilizou seus advogados para apresentar sua contestação. A juíza Tamara Hochgreb Matos, da 24ª Vara Civel do Tribunal de Justiça de São Paulo, fez questão de frisar esse "descaso" do cantor em sua decisão.

"É certo que este não teve a mínima cautela ao mencionar no refrão de sua música um número de telefone existente, de titularidade de pessoa desconhecida, e ainda incentivar seus fãs a ligar e enviar mensagens para tal número", disse a magistrada em sua decisão.

Além da indenização de R$ 50 mil, Gusttavo Lima ainda terá que pagar mais R$ 7,5 mil para os advogados de Luciana, além de uma multa de 1% ao mês em relação à data em que foi protocolada a ação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários