Larissa Alvarenga era apresentadora da CNN em Brasília
Reprodução/Instagram
Larissa Alvarenga era apresentadora da CNN em Brasília


A CNN Brasil tem enfrentado uma onda de pedidos de demissão em massa, principalmente em sua sucursal em Brasília. Somente na última segunda-feira (7), dois nomes importantes de seu elenco foram ao RH comunicar suas saídas do canal de notícias: as apresentadoras Larissa Alvarenga e Rachel Vargas.


Experientes na cobertura política, ambas receberam propostas financeiras mais atrativas de outros veículos e não pensaram duas vezes.

Leia Também

À coluna, a CNN confirmou as saídas das jornalistas. Apurei com minhas fontes no canal que internamente a chefia tem culpado o "efeito do mercado" por conta do ano de eleição e encara os desfalques como temporários, já que novos nomes serão anunciados em breve para reforçar seu elenco.

O que chama a atenção, como pontuou Flávio Ricco em sua coluna no portal R7, é o volume de funcionários da mesma sucursal que pediram as contas nos últimos dias.

Na semana passada, a repórter Natália André comunicou sua ida para o portal Metrópoles, onde atuará na área de branded content. Bárbara Baião trocou o canal de notícias pelo site Jota, e Galton Sé, que atuou por 12 anos no SBT, também pediu as contas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários