Adriana Araújo apresentará telejornal diário na Band a partir de janeiro
Reprodução/Instagram
Adriana Araújo apresentará telejornal diário na Band a partir de janeiro


Adriana Araújo é o novo reforço do Jornalismo da Band para 2022. Este colunista que vos escreve já havia publicado em agosto que o namoro entre as partes estava avançadíssimo, mas só agora todos os detalhes foram acertados. Ela estará à frente de um novo telejornal que será exibido em rede nacional na hora do almoço. O anúncio oficial ocorrerá nesta semana.


A jornalista deixou a Record no primeiro semestre após comprar uma briga com seus antigos chefes. Ela havia criticado a maneira como a emissora vinha cobrindo a situação da pandemia no país e também criticava ferrenhamente o governo de Jair Bolsonaro, que conta com o total apoio de Edir Macedo.

Leia Também

Leia Também

Leia Também

Por conta de sua "rebeldia", foi retirada da bancada do Jornal da Record e escondida em um programa semanal. Sua demissão havia sido antecipada pelo portal oficial da Record semanas antes de ser de fato dispensada pela emissora, causando uma enorme saia-justa.

Na Band, Adriana primeiramente foi cotada para assumir o Jornal da Noite, um dos noticiários de maior prestígio da emissora. Mas como a Band está de olho na briga pela audiência e pretende atrapalhar ainda mais a vida da concorrência em 2022, foi decidido que ela será o rosto do novo noticiário que será lançado em janeiro. As informações foram antecipadas pelo colunista Flávio Ricco, do R7, e confirmadas por fontes da coluna.

Processo contra a Record

Três meses após deixar a Record, Adriana processou a emissora na Justiça do Trabalho. Ela pede direitos trabalhistas e também alega ter sofrido discriminação e injustiça por parte de seus antigos chefes. Na ação, ela não estipulou nenhuma indenização.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários