Fiuk foi entrevistado por Tatá Werneck no Lady Night
Reprodução/Multishow
Fiuk foi entrevistado por Tatá Werneck no Lady Night


Ser convidado para participar do Lady Night é visto pelos famosos como um prêmio na loteria. Eles sabem que serão pegos de surpresa com a mente genial de Tatá Werneck e certamente irão viralizar por conta de algum absurdo cômico. Mas Fiuk conseguiu algo inédito: fazer a produção do programa do Multishow operar um verdadeiro milagre para apresentar algo minimamente decente ao público.


Foi uma entrevista caótica, mas no mau sentido. Tatá é a provedora do caos, mas o filho de Fábio Jr. não queria ser zoado e ficou incomodado com as perguntas capciosas e de duplo sentido, e promoveu um show de constrangimento. Nos bastidores, o comentário maldoso era que o cantor esperava participar de um Arquivo Confidencial.

A gravação precisou ser interrompida por diversas vezes por conta dos pitis do ex-BBB. E pela primeira vez em seis temporadas, não houve material excedente para utilizar na hora da edição. 

Leia Também

Tatá se irritou tanto que não conseguiu regravar alguns momentos, como a reformulação de perguntas ácidas, para serem usadas na edição por conta do mau humor de Fiuk.

Quem assistiu ao programa viu que os cortes foram muito bruscos. Basicamente, ele não gostou de ser zoado por conta de seu vício em cigarros, principal motivo das piadas de Tatá, e também quando foi questionado sobre sua vida amorosa.

Fiuk saiu queimado do Multishow. Não existe nenhuma restrição a ele para participar de outros programas, mas a coluna apurou que os produtores do canal preferem chamar outros cantores e famosos, que não constumam dar pitis nos bastidores.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários