Marília Mendonça morreu após a queda do avião que a levava ao interior de Minas Gerais
Reprodução/Instagram
Marília Mendonça morreu após a queda do avião que a levava ao interior de Minas Gerais


O compromisso da Globo com o Jornalismo fez a direção da emissora tomar uma importante decisão nesta sexta-feira (5): cancelar a exibição das novelas e noticiar ao vivo, e em tempo real, todas as informações a respeito da morte de Marília Mendonça  (1995-2021), vítima de um acidente aéreo.

Por conta da cobertura, a emissora não exibiu o útimo bloco da novela O Clone, exibida no Vale a Pena Ver De Novo, e também não colocou no ar o episódio de Malhação - Sonhos.




Outra alteração na grade é a suspensão do Globo Repórter desta sexta-feira. Em seu lugar, a emissora exibirá o especial Marília Mendonça - Todos os Cantos, do Globoplay.

Leia Também

A emissora foi a primeira a informar ao vivo a morte de Marília Mendonça e das outras quatro pessoas que estavam na aeronave, com os posicionamentos oficiais da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros. GloboNews, CNN Brasil, Record e Band vieram logo atrás. Jovem Pan News demorou a entrar na cobertura e foi a últimada lista.

A transmissão ao vivo da cobertura do acidente e retirada dos corpos só foi interrompida às 18h25, quando iniciou o capítulo inédito de Nos Tempos do Imperador. Mas a Globo optou por suspender a exibição de propagandas nos intervalos comerciais e colocou novamente a equipe de Jornalismo em cena para dar mais informações.

Ana Paula Araújo foi a responsável por ancorar o plantão especial, diretamente da bancada do Jornal Nacional, que ela vem comandando nestes dias no lugar de Renata Vasconcellos. Com a ajuda de Hérisder Matias, repórter da InterTV dos Vales, afiliada do interior de Minas Gerais, eles transmitiram em tempo real todas as atualizações a respeito do acidente.

Morte precoce

A cantora Marília Mendonça morreu, nesta sexta-feira (5), aos 26 anos, na  queda de um avião de pequeno porte na serra da cidade de Piedade de Caratinga, em Minas Gerais.

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou que Marília estava entre as vítimas fatais. "O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais", diz a nota oficial.

Marília estava em um avião com outras quatro pessoas, entre integrantes da sua equipe, piloto e copiloto. A assessoria da artista confirmou em nota que todas as pessoas não resistiram ao acidente. A aeronave caiu por volta das 15h30.

"Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos", disse a assessoria da cantora.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários