Claudia Leitte
Reprodução/Instagram
Claudia Leitte

Após sofrer críticas por não se posicionar, Claudia Leitte  teve que acionar a Justiça da Bahia. A cantora descobriu que ainda consta como proprietária de um veículo da marca Peugeot, que foi vendido em 2006. A artista então moveu a ação em 2017, porque o veículo ainda não havia sido transferido para o nome da compradora. Segundo consta no processo que tramita na 2ª Vara dos Feitos Relativos às Relações de Consumo, Cível — Lauro de Freitas, a jurada do 'The Voice+' já teria sido surpreendida com um comunicado de cobrança expedido pelo 2° Ofício de Protesto de Títulos e Documentos de Salvador, por conta de débitos do tal veículo. Até o momento, a compradora ainda não tinha sido encontrada.

O advogado de Claudinha informou à Justiça que a cantora tentou cancelar alguns débitos que estavam seu nome, tendo recorrido ao departamento de trânsito e comunicado que o bem já havia sido vendido, mas sem sucesso. Ainda, de acordo com o processo, Leitte pede que seja realizada a imediata transferência do automóvel para o nome da compradora, bem como que seja condenada a indenizá-la por todos os débitos que envolvem o veículo. O valor da causa é de R$ 21 mil. As informações são do site Hora Top TV e Novela.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários