Claudia Leitte fala de carreira e maternidade
Reprodução/Instagram
Claudia Leitte fala de carreira e maternidade

Quem vê o sucesso de Claudia Leitte hoje não imagina alguns dos perrengues que ela já viveu no passado. A cantora, c riticada recentemente por não se posicionar , revelou que foi expulsa de uma banda quando estava no começo da carreira.

Claudia Leitte conta que queria cantar de tudo na época em que estava começando na carreira musical. Ela fala que fazia parte de uma banda de pagodão, mas também gostava de cantar rock. Só que essa mistura acabou não dando muito certo.

"Eu cantava rock progressivo. Fui expulsa, inclusive, da Nata do Samba. Esse era o nome da banda. E eles diziam: "Essa patricinha cantando rock n' roll no meio..." Quando eu pegava a guitarra para tocar Led Zeppelin no meio de um show de pagode eles queriam me matar. Fui expulsa da banda. Eu queria cantar tudo. Queria ser cantora. Me fortalecia cantar axé, pagode, rock and roll... Eu queria cantar", lembra em entrevista a um podcast da Disney.

Além da carreira musical, a cantora também falou sobre a maternidade. Claudia Leitte, que tem até o apelido de bagunceira, fala que Davi, Rafael e Bela puxaram para ela e dão bastante trabalho. "Dei muito trabalho para a minha mãe e para o meu pai. Acho que estou pagando todos os meus pecados com eles agora, com os meus filhos. Eu tenho três filhos que são minha imagem e semelhança (risos) . A menina, então, é muito parecida comigo, muito bagunceira. Sempre fui e sempre serei. Já tentei lutar contra a minha própria natureza mas não deu muito certo", diz.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários