O movimento criado por Paulo Gustavo,  que foi o primeiro a ceder sua conta no Instagram para o debate sobre racismo, gerou mais um fruto. Agora é a vez da atriz Maria Gal. Ela vai assumir o perfil da colega de profissão, Bianca Bin , na rede social. A ideia é falar sobre racismo estrutural, atitudes antirracistas, a necessidade de representatividade no audiovisual, além de fazer a indicação de livros e conteúdos pertinentes com o tema, seja por meio de lives e/ou conteúdos pré-produzidos.

Maria Gal e Bianca Bin
Reprodução
Maria Gal e Bianca Bin


“Esse movimento que nasceu com o Paulo Gustavo e a Djamila Ribeiro é algo extremamente importante e necessário, principalmente diante dos últimos acontecimentos, no Brasil e no mundo. O racismo existe e precisamos combatê-lo diariamente e educação é uma grande ferramenta de transformação”,  comentou Maria Gal.

    Leia tudo sobre: instagram

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários