Rita Cadillac resolveu se defender das críticas que vem recebendo por ter pedido o auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal por causa a da pandemia do novo coronavírus.

Leia também: Auxílio emergencial da Mulher Filé é aprovado e ela faz doação

Rita Cadillac
Reprodução/Instagram
Rita Cadillac revela que está passando por dificuldades financeiras


Leia também: Ex-atriz da Globo que viveu Narizinho pede auxilio emergencial para pagar contas

"Chorei com as agressões que sofri por ter recebido o auxílio emergencial. Não fui eu que me aprovei, foi o governo. As pessoas têm de ponderar, não sou considerada uma artista de classe A, minha casa é simples, moro de aluguel", desabafou ex-chacrete que completou: "Não tem entrado um real na minha conta". 

Uma das mais famosas dançarinas dos programas de Abelardo Barbosa, o Chacrinha, completou 66 anos neste sábado (13), também falou na entrevista a revista Veja, que espera trabalhar após o fim do isolamento social.

Leia também: Ex-ator da "Malhação" vende pastéis e recorre a auxílio emergencial

"Não sei se a pandemia vai transformar o mundo para o bem, mas espero que sim. Quanto a mim, o que vai mudar é a vontade de trabalhar. Se antes já era muita, com o fim da crise ela vai dobrar. Pode ter certeza."

    Veja Também

      Mostrar mais