Tamanho do texto

Karyn Bravo e Ana Paula Couto tiveram uma briga feia na redação do jornal

Desde a semana passada se instaurou um clima dos mais pesados nos estúdios do " Jornal da Cultura ". Isso porque as apresentadoras do jornalístico, Karyn Bravo e Ana Paula Couto , tiveram uma briga quente dentro da redação. O barraco foi daqueles, com direito a gritos, socos na mesa e turma do deixa disso para interromper a discussão.

Leia também: Ator de "Malhação" concorre compete em Festival de Cinema em Los Angeles

Karyn  Bravo e Ana Paula Couto apresentam o arrow-options
Reprodução
Karyn Bravo e Ana Paula Couto apresentam o "Jornal da Cultura"


O clima já vinha tenso há algum tempo, a ponto das apresentadoras nem se falarem dentro do estúdio e terem vários bate bocas menores por não estarem de acordo em pontos como: plantões, entrevistas com convidados, detalhes da apresentação do jornal, entre outras coisas.

Leia também: Mulher dá banana para ator negro durante peça: "O racismo é trágico"

A própria direção da emissora já vinha tentando apagar os incêndios, pois não queria as âncoras de seu principal jornalístico envolvidas em polêmicas, mas não teve jeito: após o bate boca na frente de todos, Ana Paula Couto, por já ter diversos anos de casa, foi colocada de "férias forçadas" e Karyn, que foi contratada recentemente, seguiu à frente do jornalístico, pois a casa não queria que a notícia viesse à público. Deram sorte que quase ninguém lê esta colunista.

O que resultará dessa história nós não sabemos, mas Karyn faz questão de deixar claro a todos que tem as costas quentes e, consequentemente, o apoio da emissora.

Leia também: Luisa Arraes recebe carinho de Caio Blat em estreia no teatro

Vale lembrar que a entrada da dupla no jornal só aconteceu após uma série de desentendimentos da nova presidência da emissora e Willian Corrêa, que até então estava à frente do jornal e, não estando de acordo com as novas diretrizes adotadas para o telejornal , optou por se demitir.