Tamanho do texto

O primeiro show acontecerá em São Paulo e Luiza disse que o nascimento do filho motivou esse encontro no palco. Além disso, a coluna Bastidores traz detalhes do novo álbum da Pitty e do documentário "Abrindo o Armário"

O Tom Brasil, em São Paulo, será palco de um belo encontro entre mãe e filha. Zizi e Luiza Possi ficaram conhecidas pela música e, com carreiras consolidadas, elas resolveram se unir para um show especial que dá início a uma turnê inédita. A ideia surgiu porque a família Possi está vivendo um momento especial com a chegada do primeiro filho de Luiza, o pequeno Lucca.

Leia também: Brasileiros fazem sucesso na Austrália com banda de rap

Documentário
Divulgação/Talita Alencar
Luisa Possi e Zizi Possi farão show juntas em São Paulo


Um detalhe curioso é que essa é a primeira vez que Zizi e Luiza saem em turnê juntas e o intuito é celebrar todas as gerações da família no palco. “Desta vez vamos fazer um show montado pelas duas, com humor, amor, emoção e muita cumplicidade. Esses são ingredientes que regem a nossa relação”, contou Luiza.

Mãe de primeira viagem, ela sente que essa mudança em sua vida a aproximou ainda mais da família. “A maternidade me trouxe para mais perto de Zizi e, por isso, veio a vontade de dividir o palco em um show único, completamente emocionante, pensado e executado pelas duas”, comentou.

Leia também: Com a Páscoa à vista, filmes religiosos ganham campo nos cinemas

O show tem o intuito de ser algo leve e contará com músicas que marcaram a carreira tanto da mãe quanto da filha. “Vamos passear do lirismo à comédia com muito bom gosto. O show terá repertório variado com nossos sucessos, e canções inéditas nas nossas vozes, porém já conhecidas através de seus autores, como no caso Ivan Lins, Gonzaguinha, Milton Nascimento e Gilberto Gil”, revelou Zizi Possi .

A música italiana também estará presente nessa turnê, pois a família é original da Itália. O show inaugural em São Paulo acontece no dia 11 de maio às 22h.

  • Programação com muito jazz
clarinetista Tito Martino
Divulgação
O clarinetista Tito Martino é atração no Dia Internacional do Jazz

No dia 30 de abril é celebrado o Dia Internacional do Jazz e o Raiz Bar, em Pinheiros, zona Oeste de São Paulo, está preparando uma programação diferenciada para enaltecer esse estilo musical. A celebração será iniciada às 21h30 e contará com a participação do clarinetista Tito Martino que apresentará um repertório com clássicos como Louis Armstrong, Sydney Bechet e Charlie Parker.

O artista convidado possui 60 anos de carreira, é fundador da Traditional Jazz Band e soma inúmeras apresentações no Brasil e no exterior. Tito já tocou ao lado de grandes artistas como Hermeto Pascoal, Elis Regina, César Camargo Mariano e o maestro Diogo Pacheco. O International Jazz Day foi criado pela UNESCO em 2011.

  • "Abrindo o Armário" aborda diversidade no Canal Brasil
Documentário
Divulgação
Documentário "Abrindo o Armário" estreia no Canal Brasil

Na próxima sexta-feira (19), estreia no Canal Brasil às 21h10 o documentário “ Abrindo o Armário ”. A ideia dos diretores Dario Menezes e Luis Abramo foi fazer um mergulho no universo LGBTQ+ para mostrar como é ser uma minoria em um país que se diz liberal, mas sofre com o machismo – prova disso é o alto índice de violência motivado pelo preconceito.

O documentário, que é uma coprodução do Canal Brasil com a Luba Filmes, conta com depoimentos de homens gays, mulheres trans e drag queens de várias gerações e origens sociais.

As discussões giram em torno da aceitação da sexualidade, da opressão religiosa e das famílias e da pouca representatividade em âmbito geral. As rappers Linn da Quebrada e Jup do Bairro, o escritor José Silvério Trevisan e o jornalista Gilberto Scofield Jr. estão entre os entrevistados.

  • Pitty lança novo álbum
Pitty no show
Divulgação/Murilo Amâncio
Pitty mostra suas origens em "Matriz", seu novo álbum

A cantora Pitty trabalha em um novo álbum, que será lançado no dia 26 de abril nas plataformas digitais de música, e ela promete surpreender os fãs por trazer muitas referências da sua história e também por indicar os novos rumos que quer dar para sua música. “Matriz” é o nome do novo disco que conta com a participação de BaianaSystem, Larissa Luz e Pupillo.

Leia também: Voz na causa, irmã de Ana Hickmann ressignifica lábio leporino na sociedade

O álbum foi gravado parte em São Paulo, parte no Rio de Janeiro e parte em Salvador, pois foi nessa última cidade que a roqueira nasceu e viveu até os 23 anos. Com esse novo disco, a baiana quis buscar suas origens e mostrar como isso influenciou na sua trajetória. Esse trabalho foi composto e gravado durante a primeira parte da sua turnê “Matriz” e, agora, a cantora pretende seguir com o show .