Clint Eastwood está de volta aos cinemas com “A Mula” que, apesar de não entrar na temporada de premiação americana, foi um sucesso de bilheteria nos EUA. Aqui o filme chegou na última quinta-feira (14).

undefined
Divulgação
Clint Eastwood desfaz estereótipos da terceira idade com personagem em "A Mula"

“A Mula” conta a história de Earl Stone, um senhor solitário que, afastado da família, aceita fazer o transporte de drogas sem saber. “Quando ele descobre o que eles está levando é tarde demais, ele está fazendo muito dinheiro”, conta Clint Eastwood .

Leia também: Bradley Cooper inaugura fase autoral com “Nasce uma Estrela” e dribla descrédito

O ator, que assume também a direção do filme, compara Earl a Robin Hood. “Ele meio que se transforma em um Robin Hood que está doando dinheiro para pessoas que precisam”, completa. Eastwood, que já dirigiu e produziu 37 filmes no auge de seus 88 anos também falou sobre a dificuldade de encontrar bons papeis para atores na terceira idade. “Não se escrevem bons papeis para atores com mais idade”, comenta.

Para ele esse foi um dos aspectos que o atraiu ao longa, escrito por Nick Schenk e baseado em um artigo de Sam Dolnick.  Além de Hood, Eastwood relaciona Earl com Walt Kowalski, sue personagem em “Gran Torino”: “apesar de ser mais velho, ele conhece mulheres, conhece pessoas com vidas diferentes da sua, com diferentes características. E ele aprende coisas novas o que foi similar a ‘Gran Torino’ no sentido de que você nunca é velho demais para aprender algo novo”, explica.  

Função dupla

undefined
Divulgação
Clint Eastwood em cena de "A Mula"

O fato de dirigir significa justamente que Eastwood pode escolher papeis que tragam nuances para personagens normalmente relegados a coadjuvantes. Mas, enquanto ele mantém o ofício, ele havia se aposentado da frente das câmeras, até agora. Foi justamente o encontro com um personagem interessante que o fez retornar, mas Eastwood não tem preferenciais: “Eu cheguei em um ponto em que eu gosto, como diretor, de tratar de diferentes assuntos, enquanto como ator você faz apenas o que está relacionado a seu personagem”.

Leia também: Líder nas bilheterias com Washington e Cruise, cinema de ação vive crepúsculo

A Mula ” também marca o retorno da parceria com Bradley Cooper , com quem fez “Sniper Americano”. Considerado seu pupilo, Cooper estreou na direção com “Nasce Uma Estrela”, indicado a oito Oscars. Eastwood não confirma que o ator o procurou para pedir dicas, mas reafirma o talento de Cooper em sua estreia: “Eu acho que ele sabia exatamente o que queria fazer. E foi ideia dele escalar Lady Gaga e ele estava certo. Ela fez um trabalho maravilhoso no filme”.

Moda infantil

undefined
Divulgação
Lorena Queiroz lança sua coleção de roupas em parceria com a Brascol

Neste domingo (17) a atriz mirim Lorena Queiroz estará nas lojas da Brascol, em São Paulo, para apresentar as novidades e tendências para o inverno 2019 com as peças da sua coleção, exclusiva, Color Girl. A sessão de fotos para a campanha foi realizada em Nova York, sob o olhar da fotógrafa Danielle Sampaulo. No evento, que faz parte do Mega Fashion Week,  Lorena Queiroz contará, em primeira mão, sobre sua coleção e suas apostas fashion, além de tirar fotos com os convidados.

Os favoritos do público

undefined
Divulgação
"Pantera Negra"

O Oscar acontece no próximo domingo (24) e só os membros da Academia podem votar em seus favoritos. Isso não significa que o público também não tenha seus prediletos. A SEMrush, empresa especializada em marketing digital, fez um levantamento com os indicados ao Oscar 2019 nas categorias de melhor filme, ator, atriz e diretor baseados em buscas na internet.

Entre os oito indicados a Melhor Filme, “Pantera Negra” teve o maior número de buscas, 7 milhões de pesquisas em 2018. O segundo mais pesquisado foi “Roma”, com 2,3 milhões de pesquisas, seguido de "Bohemian Rhapsody", com 2,1 milhões de buscas e "Nasce uma estrela", com 1,6 milhão. Entre os atores, tanto Gaga quanto Bradley Cooper foram os mais pesquisados, enquanto na direção o nome mais cotado pelos internautas é o de Spike Lee, que dirigiu “Infiltrado na Klan”.

Bíblia

undefined
Reprodução
As britânicas Yomi Adegoke e Elizabeth Uviebinené são autoras de "Brilhe na Sua Praia"

A Primavera Editorial vai publicar no Brasil “Brilhe na Sua Praia”, título das britânicas Yomi Adegoke e Elizabeth Uviebinené. “Slay In Your Lane” é considerada a “Bíblia da Garota Negra” e conta com entrevistas com dezenas de mulheres negras bem-sucedidas na Grã-Bretanha, incluindo Amma Asante, atriz, roteirista e diretora premiada com o BAFTA de Cinema, Vanessa Kingori, diretora de redação da British Vogue e Denise Lewis, que conquistou a medalha de ouro na Olímpiada de Sidney, em 2000, no heptatlo. “Brilhe na Sua Praia” será lançado em 4 de março de 2019.

Guerreira

O filme da Fox “Alita: Anjo de Combate” estreou no Brasil na última quinta-feira (14) e, para promover o longa, o estúdio apostou em um nome brasileiro para mostrar sua história de luta: a atleta Laís Souza, que ficou tetraplégica após um acidente de ski.  No filme, Laís reforça a importância de não desistir do que acredita, de lutar e seguir em frente. Assista o filme a seguir:

A Mula

O filme de Clint Eastwood tem uma grande competição em sua estreia. Além do já mencionado “Alita”, “ Minha Fama de Mau ”, que conta a história de Erasmo Carlos, também estreou nas telonas.

    Veja Também

      Mostrar mais