Tamanho do texto

Entrevista exclusiva com a autora de “A Força do Querer”, festival da Anitta e repercussão do Emmy são destaques da coluna Bastidores

Glória Perez teve seus altos e baixos na carreira, mais altos do que baixos, convenhamos. A autora já escreveu grandes sucessos como “América” e “ O Clone ”, e derrapou no gosto do público em “Salve Jorge”. Mesmo assim, sua carreira invejável é repleta de trabalhos de sucesso. Porém, com a decadência da audiência ponto a ponto no horário nobre, é de se questionar se o formato de novelas não está com os dias contados. Glória, que voltou a aumentar os números do horário da Rede Globo com “ A Força do Querer ”, atualmente no ar, acredita que não. “A novela nunca esteve em decadência. Especialmente a das 21 horas. Quando uma não agrada, o tamanho das reclamações dá a medida exata de como ela faz parte do cotidiano dos brasileiros”, afirma a autora em um breve bate papo com o iG .

Leia também: Antes campeãs de audiência, novelas das 9 vivem crise existencial: qual a saída?

Glória Perez fala sobre crítica do público e decadência do formato de novelas
Divulgação/TV Globo
Glória Perez fala sobre crítica do público e decadência do formato de novelas

Aprendiz de Janete Clair, que escreveu grandes sucessos da televisão, como “Selva de Pedra” e “Pecado Capital”, Glória Perez a define como uma “maga das novelas”. Foi por meio de seu trabalho com a escritora que Perez iniciou seu trabalho nos folhetins, que ela considera um formato fascinante, “pelo diálogo que estabelece com o público”. Para ela, novela propicia uma troca como a que se vê no teatro: “você conta a história com o público ali, na sua frente”.

E é exatamente esse público que ela corre o risco de não agradar. Ainda assim, ela defende que não muda o rumo de seus tramas de acordo com a crítica popular, mas sim, muda a forma de contar. “Se você não convenceu o público de determinado caminho, deve construí-lo de modo diferente”, analisa.

Crítica

Apesar do sucesso de “A Força do Querer”, um determinado núcleo tem causado debates. A personagem Bibi (Juliana Paes), baseada em uma pessoa real, causa controvérsia por seu envolvimento com o tráfico. Muitos chegaram a acusar a autora de apologia ao crime, alegação que ela respondeu ironicamente : “Estou vendo a hora de pedirem para tirar  os telejornais do ar por apologia ao crime e a corrupção”, rebateu em sua conta no Twitter.

Vanguarda

Em
Divulgação/TV Globo
Em "A Força do Querer", Glória Perez explora tema social pouco debatido em novelas: transexualidade

Se tem uma coisa que não dá para acusar a autora, porém, é de ficar sempre no mesmo tipo de história. Glória nunca teve medo de inovar e representar personagens pouco explorados sem eu folhetim. Foi assim com o abuso de drogas de Mel (Débora Falabella) em “O Clone”, o relacionamento gay de Júnior (Bruno Gagliasso) e o Peão Zeca (Erom Cordeiro) em “América”, e agora a história do transexual Ivan (Carol Duarte). “Foi uma personagem construída com muito carinho e cuidado”, confessa ela que conversou com muitos trans e ouviu muitas histórias para contar a de Ivan. Sobre a atuação de Carol, que tem roubado a cena, Glória a define como “visceral”. Ela comenta ainda que conversa muito com a atriz sobre a composição da personagem.

* com reportagem de Gabriela Mendonça

Reta final

“A Força do Querer” esta chegando em sua final. O que significa muitas emoções, descobertas, conflitos e, quem sabe, finais felizes. No momento, isso está longe de acontecer. Eugênio (Dan Stulbach) descobre que Irene (Débora Falabella) está grávida e, aconselhado por Silvana (Lilia Cabral), decide não contar imediatamente a esposa Joyce (Maria Fernanda Cândido). Já Bibi segue planejando sua fuga com Rubinho (Emilio Dantas) e o filho do casal, enquanto o marido ilude a amante Carine (Carla Diaz) afirmando eu deixará a esposa por ela.

Batalha

Anitta anunciou show em São Paulo, onde fará
Divulgação
Anitta anunciou show em São Paulo, onde fará "batalhas" de músicas com outros artistas

Anitta está com tudo mesmo! A cantora anunciou a criação de um evento chamado “Combatchy”, que vai reunir artistas em “batalhas” no palco do Espaço das Américas, em São Paulo. Programadas para ocorreu em 19 de novembro, as apresentações  acontecerão de forma alternada e por vezes com apresentações em dupla. Na primeira edição, o público poderá conferir duelos entre Anitta e grandes artistas convidados. DJs ícones do cenário gay nacional também alternarão com seus line-ups cheios de músicas atuais e também aquelas que marcaram época. Os ingressos já estão à venda e podem ser comprados nas bilheterias do local.

Leia também: Produção de séries sofre boom no Brasil, mas não deve roubar espaço das novelas

Engajados

O Brasil foi o segundo país que mais twittou a respeito dos Emmy na noite do último domingo (17). A premiação contabilizou mais de 2,3 milhões de Tweets no mundo. Os artistas mais comentados incluíram Donald Glover, premiado como melhor ator em série de comédia e melhor direção em série de comédia; Nicole Kidman, vencedora de melhor atriz em minissérie ou telefilme; Lena Waithe, que ganhou a categoria de melhor roteiro de série de comédia por “Master of None” e Stephen Colbert, que apresentou a edição deste ano. Os maiores picos de conversas sobre o Emmy aconteceram quando Elisabeth Moss, atriz que estrelou o filme The Handmaid's Tale, ganhou o prêmio de melhor atriz e quando Lena Waithe ganhou.

No Brasil

Sucesso de crítica nos EUA,
Divulgação
Sucesso de crítica nos EUA, "The handsmaid's Tale", vai finalmente ser exibida no Brasil

Por falar em Emmy, a grande vencedora da noite foi a série “ The Handmaid’s Tale” , adaptação do livro de mesmo nome de Margaret Atwood. A série ganhou por melhor direção, roteiro, atriz e série dramática, entre outros. Ainda sem exibição no Brasil, foi confirmado na última segunda-feira (18) que o programa chega ao País pelo canal Paramount. Ainda sem data para ir ao ar, a série deve estrear ainda este ano. O elenco ainda conta com Samira Wiley, Ann Dowd e Alexis Bledel.

Parceria

A nova música de trabalho do cantor Edu Chociay já está disponível nas plataformas digitais. Em parceria com Jorge & Mateus , Edu lançou o single “Ciúmes”, que faz parte de seu novo DVD, que sai pela Som Livre ainda este ano. As faixas que compõem o DVD de Chociay e que já foram publicadas – “Panda”, “Moletom”, “Ex” e “Pote de Nutella”, com participação de Matheus & Kauan – somam mais de 7 milhões de visualizações no YouTube. Ouça a nova faixa a seguir:

Leia também: Relembre as maiores polêmicas de Glória Perez em novelas

    Leia tudo sobre: anitta