Juju Salimeni viveu intolerância de Nicole Bahls por ser do candomblé
Reprodução
Juju Salimeni viveu intolerância de Nicole Bahls por ser do candomblé

Uma treta é uma treta mesmo que as protagonistas dela já tenham feito as pazes. caso de Juju Salimeni e Nicole bahls; Ex-colegas e rivais no "Pânico na TV!", as duas chegaram a ser suspensas por conta de uma briga no camarim, após Nicole sumir com o biquíni de Salimeni. Mas a confusão mais séria aconteceu por conta de uma intolerância religiosa.

Aconteceu após uma entrevista de Nicole Bahls, em que chamou a colega de macumbeira e a acusou de "fazer trabalhos contra ela e sacrificar animais". Juju salimeni conta que teve a primeira crise de pânico na vida ao ver seu nome numa polêmica e de ter virado pauta do jornalismo de celebridades.

"Ela deu uma entrevista e não lembro tudo que ela falou, mas ela falou da minha religião. Na época eu disse para ela: 'olha, eu sou do candomblé'. E sou até hoje. E eu disse que ia ter um compromisso religioso e que a gente fica, depende, 3, 5 dias, e eu contei que ia ficar no meu retiro e beleza", relata Juju.

Ela disse que Nicole, no entanto, usou a informação de outra forma: "Deu a entrevista e disse que eu tinha feito trabalho pra ela pra bunda cair. E eu lá vou gastar dinheiro para pedir para uma bunda cair?".

Juju conta ainda que Nicole disse coisas sobre a religião dela que geraram um enorme preconceito. "Disse que eu era satânica, que eu bebia sangue, que eu matava bicho... Intolerância religiosa total. Naquela época não existia, se fosse hoje, seria crime. Aquilo me afetou muito. Se hoje existe preconceito, naquela época era muito mais. Fui superatacada. Isso me gerou um estresse imenso, passei supermal, e no outro dia tive uma crise de pânico", narrou ela durante entrevista ao podcast "Eu fico loko".

Hoje, a ex-panicat jura que as duas estão em paz: "Quando ela foi trabalhar e eu já estava na record, eu cheguei e disse que não queria problema com ela, que trabalhava lá e ficou tudo super de boa. Eu nunca mais encontrei ela, faz anos que não a vejo. E se eu encontrar, não vejo problema nenhum, converso, posso participar de programa com ela, normal".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários