Bruce Willis está afastado dos cinemas
Reprodução/Instagram
Bruce Willis está afastado dos cinemas

Afastado do mundo do cinema para tratamento após receber um diagnóstico de afasia, o ator Bruce Willis voltou ao local em que foram feitas as gravações de um dos maiores sucessos da carreira do ator. Em uma publicação feita nas redes sociais da mulher, Emma Heming Willis, ele aparece no “topo do Nakatomi Plaza, 34 anos depois” das gravações do filme.


A família de Bruce Willis revelou, em março, que o ator foi diagnosticado com afasia, um transtorno de linguagem decorrente de uma lesão cerebral, que pode acometer adultos e idosos. Por conta disso, a família dele informou, por meio de um comunicado, que o ator dará uma pausa na sua carreira para tratar a doença.


Estrela de filmes como “G.I. Joe: Retaliação”, “Os mercenários” e “O sexto sentido”, o ator tem 67 anos e já conquistou um Globo de Ouro e um Emmy de melhor ator em série de comédia ou musical, em 1986, por “Moonlighting”, e um Emmy de Melhor Ator Convidado em Série de Comédia em 2000, pela participação em “Friends”.

Bruce Willis apareceu no show business no início dos anos 1980, fazendo pontas em algumas produções, e ganhou seu primeiro papel na série "Miami vice", em 1984. O sucesso na TV veio com a série "A gata e o rato" ("Moonlighting", no original), transmitida pela ABC entre 1985 e 1989, na qual o ator contracenava com Cybill Shepherd.

A popularidade na TV abriu as portas para que Willis estrelasse "Duro de matar", de 1988, que arrecadou quase US$ 140 milhões ao redor do mundo e o consagrou como um astro do cinema de ação. Somados, os três filmes da franquia ("Duro de matar 2", de 1990, e "Duro de Matar 3: A Vingança", 1995") chegaram a arrecadar US$ 700 milhões nacional e internacionalmente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários