André Gonçalves em
Reprodução/Star + 03.06.2022
André Gonçalves em "Impuros"

Dois dias depois de André Gonçalves colocar uma tornozeleira eletrônica a mando da justiça, por causa do não pagamento de pensão alimentícia, a defesa do ator reiterou que ele não tem condições de pagar os cerca de R$ 350 mil que deve à filha Valentina Benini — fruto do antigo relacionamento com a jornalista Cynthia Benini. A Justiça determinou que o artista terá que permanecer com a tornozeleira eletrônica por 60 dias, sem que ultrapasse uma distância mínima ao redor de sua residência, no Rio. Ele chegou a passar uma noite na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na última sexta-feira, até que tivesse o equipamento instalado no tornozelo.

Ao GLOBO, o advogado de André argumenta que essa medida é "contraproducente", pois impossibilita o artista de circular e trabalhar e, consequentemente, conseguir dinheiro para pagar Valentina e Manuela Seiblitz, outra filha que também o processa pelo não pagamento de pensão. Jovem de 24 anos que acaba de se formar no curso de Cinema — com um filme sobre ausência paterna —, Manuela assumiu o processo que a mãe dela, a atriz Tereza Seiblitz, movia contra o ex na Justiça do Rio por alimentos atrasados. O processo tramita na 4ª Vara de Família da capital e espera a decisão do juiz.
A ambas as filhas, o ator propôs um acordo direto em que pagaria 10%, para cada uma, do valor total que recebesse a cada trabalho, além de mais R$ 1.200. Nenhuma das duas aceitou a proposta, como apurou esta reportagem.
Fontes próximas a André dizem que esse episódio da tornozeleira o deixou bastante abalado. "Ele está se sentindo péssimo", disse uma fonte.

No início do mês, ele anunciou sua pré-candidatura a deputado estadual pelo Rio de Janeiro nas eleições deste ano. Em uma publicação em sua conta no Instagram, o ator confirmou a filiação ao Partido Verde (PV) ao lado de Roberto Rocco e José Augusto Venda, membro da Executiva Nacional do partido.

+ Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Segundo o advogado do ator, o caso de André Gonçalves corre na esfera civil e não criminal, o que não o impede de concorrer, caso a candidatura se confirme, algo não aconteceu até o momento.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários