Mãe de Deolane sofre importunação sexual;
Reprodução
Mãe de Deolane sofre importunação sexual; "Me dói muito", diz advogada

A mãe da advogada e influenciadora Deolane Bezerra foi vítima de importunação sexual durante uma viagem de ônibus com destino a São Paulo. Nesta segunda-feira (2), a advogada relatou no perfil do Instagram o episódio criminoso vivido por dona Solange Bezerra. A influenciadora aproveitou a ocasião para rebater críticas.

Nos Stories, Deolane conta que devido a uma emergência familiar a mãe e as irmãs viajaram de ônibus para São Paulo. Durante o percurso, a mãe da advogada foi surpreendida quando acordou e percebeu que a mão do passageiro ao lado estava entre suas pernas.

"A minha mãe estava voltando para São Paulo hoje dentro de um ônibus vindo do Rio de Janeiro e sofreu importunação sexual. Ela estava dormindo na madrugada e acordou com um indivíduo com uma mão no meio das suas pernas", relatou Deolane que diz ter recebido críticas devido a mãe utilizar ônibus. 

+ Entre  no canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

"E as pessoas ainda estão criticando por ela estar voltando de ônibus porque eu sou rica. Até quando vocês irão colocar a culpa nas vítimas? Me digam".

"Minha família embora hoje nós tenhamos condições não faz jus a nada, não se preocupa com nada. Minha mãe é tão simples, gente. Quem me acompanha sabe o quanto ela é simples, o quanto é amorosa com os netos, com as filhas. E ver as pessoas julgando me dói muito", desabafou.

Nos vídeos, a advogada explicou que a mãe quis voltar com urgência para são paulo após o tio ter sofrido um acidente. Junto com a mãe no ônibus, estavam as irmãs e alguns integrantes da equipe.

Leia Também

Segundo ela, o criminoso era garoto de programa, viajava no ônibus sem nenhum documento e foi detido após a denúncia.

A advogada ainda criticou a atitude da empresa de ônibus 'Auto Viação 1001'. "Como uma empresa de transporte deixa um ser humano viajar sem nenhum tipo de documento de identificação? Não prestou nenhum tipo de assistência para minha família. Deixou todo mundo alargado com mala na mão. Tivemos que mandar nossa van particular ir lá buscar eles. Vou marcar vocês aqui para vocês terem mais amor ao próximo ou pelo menos prestar o serviço com excelência, que é obrigação de vocês", finalizou.





    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários