Alec Baldwin no filme 'Rust'
Francinny Marques
Alec Baldwin no filme 'Rust'

Caso de Alec Baldwin e Halyna Hutchins tem mais uma reviravolta. Os advogados do ator entraram com ação de arbitragem e afirmam que o astro não seria responsável financeiro pelo caso que matou a diretora de fotografia do filme 'Rust'. 


Segundo o site TMZ, além da ação, os advogados afirmam que a profissional teria autorizado o artista a fazer o disparo. A arma utilizada em cena deveria estar descarregada, algo que não foi checado antes dos ensaios. 

O site diz que o ator alega que o contrato que assinou para o filme o protege de qualquer responsabilidade financeira com relação ao acidente. Os advogados de Baldwin alegam que ele é apenas produtor criativo, não executivo, como anunciado anteriormente. Isso diminui a autonomia e responsabilidade do ator no set. 

Baldwin também afirma que Halyna o orientou a apontar a arma na direção dela durante o ensaio. "Ao dar e seguir essas instruções, Hutchins e Baldwin compartilhavam uma crença central e vital: que a arma estava 'fria' (ou seja, descarregada) e não continha balas de verdade", alegam os advogados de defesa do ator. Alec teria questionado se era para puxar o gatilho, ao que a diretora respondeu positivamente", dizem os advogados. 

O ator é processado pela família da diretora por 'conduta imprudente e medidas para reduzir custos'.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários