Jade Picon falou sobre a saída do 'BBB 22'
Reprodução/Instagram - 09.03.2022
Jade Picon falou sobre a saída do 'BBB 22'


Jade Picon não sente que foi cancelada após a rejeição de mais de 84% no paredão de terça-feira (8) do 'BBB 22'. A oitava eliminada do reality show fez uma live para os fãs e contou que está feliz com a participação e adorou estar no programa. Na ocasião, ela também contou que foi um baque saber da porcentagem de rejeição. 


"Foi mágico, foi f*da, foi um baque. Eu saí e falei: 'caraca, 84%, meu Deus do céu, tô cancelada'. Mas vi que realmente não estou cancelada, foram as escolhas que eu apertei a tecla, e quis ir até o final e queria minha resposta e estou aqui com minha resposta e tá tudo bem", disse, em referência à resposta que queria do público sobre a preferência por Arthur Aguiar.

Ela também elogiou o programa e falou das possibilidades de jogo dentro do 'BBB 22'. "Lá dentro você escolhe seu método de jogar, se quer jogar, se quer só existir, se quer ir na onda dos outros", disse. Jade também comentou que sofreu uma transformação graças ao reality. 

Leia Também

"Eu quis ir firme, quis me posicionar, esse programa foi transformador para mim nesse quesito, de ter força de me posicionar sem ter medo, de ter real coragem. Sei que as minhas ações podem ser interpretadas de diversas maneiras, vou ver todos os episódios, todas as cenas", contou.

A influenciadora também pediu desculpas caso tenha ofendido alguém. "Vou melhorar, tenho 20 anos e fui a mais nova da edição e entrei com a intenção para aprender. Aqui fora, com 20 anos, tenho muito mais para aprender. Vou ver tudo e melhorar onde tenho que melhorar, peço desculpas para quem se sentiu mal com minhas ações", disse. 

Em entrevista para a Globo, Jade Picon falou sobre a rivalidade com Arthur Aguiar. Ela se posicionou contra o ator e não deu chances para uma reaproximação no jogo. "Eu enxerguei o Arthur como um adversário direto quando eu falei da segunda chance, mas não houve um movimento de segunda chance de nenhuma parte. Ali eu pensei: ‘bom, então é isso, é alguém que não vai estar próximo a mim no jogo’. Foi no momento em que ele voltou do paredão e a gente não se reaproximou", disse. 

Sobre os passos que tomou no jogo, ela diz que se precipitou e que poderia ter sido mais inteligente. "Acredito que seria burrice minha, agora, vendo todo o panorama do jogo de fora, falar que eu faria o que eu fiz. Pode ter sido precipitada a minha atitude, mas foi o que eu senti que eu deveria ter feito na hora. Mas vendo agora de fora, acho que poderia ter sido mais inteligente ter colocado outro adversário", conta. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários