Paulinha é a segunda vocalista a morrer em quatro meses
Reprodução/Instagram
Paulinha é a segunda vocalista a morrer em quatro meses


Com a morte de Paulinha Abelha nesta quarta-feira (23) , o grupo de forró Calcinha Preta já perdeu ao menos três músicos. Sendo eles dois vocalistas em menos de quatro meses. O grupo está na estrada há 27 anos e sofreu as perdas em menos de 10 anos. 


Paulinha Abelha morreu aos 43 anos, após ficar internada por 12 dias em Aracaju, capital do Sergipe. Ela deu entrada no hospital com problemas renais. Há quase quatro meses, o cantor José Aparecido da Silva, conhecido como Sidney, foi assassinado aos 57 anos, em novembro de 2021. 

Sidney foi o primeiro vocalista da banda e fazia dupla com Lucinha Linhares. Além disso, o grupo perdeu um assistente administrativo em um acidente de carro. Em 2009, a banda perdeu o baixista e diretor artístico Gilson Batata, em Caicó, no Rio Grande do Norte. 

Leia Também

Gilson estava na banda há sete anos. O músico sentiu-se mal pelo dia e de noite, ele teve um infarto. Segundo a Polícia Civil, ele teve um infarto agudo do miocárdio. 

Paulinha Abelha

Paulinha Abelha era cantora do grupo e teve diversas idas e vindas da banda. A vocalista ingressou pela primeira vez no grupo em 1998. Em 2010, ela deixou a banda para projetos profissionais solo e retornou quatro anos depois. Veja fotos da carreira de Paulinha:


Em 2016, ela saiu novamente e em 2018, reintegrou o time de vocalistas da banda. Paulinha morreu em decorrência de morte encefálica nesta quarta-feira (23). 

** Luiza Lemos é jornalista, especializada na cobertura de entretenimento e celebridades. No iG desde 2020, escreve para o iG Gente, mas já passou pelas editorias de Delas, Queer, Receitas e Turismo. Da praia para a serra, é de Santos e formada na Universidade Metodista de São Paulo. Além de escrever, é sommelier de memes, adora televisão e não deixa uma boa fofoca deixar de ser comentada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários