Milton Nascimento e o filho Augusto Nascimento
Reprodução/Instagram
Milton Nascimento e o filho Augusto Nascimento

Em agosto de 2018, Augusto Nascimento comemorava o primeiro Dia dos Pais após a conquista de um novo sobrenome. O público tomava conhecimento de sua história, que não transformou apenas sua vida, mas também a de Milton Nascimento. Um ano antes, o cantor havia entrado com um processo de adoção do rapaz, que hoje, além de ser seu único filho, é seu empresário e quem administra toda sua carreira.

"Eu não fui adotado num abrigo, num orfanato. A gente se conheceu por uma ocasião. Eu tenho uma mãe biológica e um pai adotivo. Só que os dois nunca tiveram nada. Milton é amigo dos pais de uns amigos meus de infância. Eu tinha deixado meu pai biológico, que não é nem pai, no caso. Deixei para trás na minha vida uma pessoa que não tem nada a ver comigo. Só que isso não me fazia falta porque eu sempre tive a figura da minha mãe presente. Meu pai, o Milton, sempre teve vontade de ter um filho e os amigos dele sempre me falaram isso. A gente começou a ficar muito próximo e nós passamos uns dias juntos em Juiz de Fora, onde eu fazia faculdade", contou Augusto, hoje com 28 anos, no canal Ter.a.pia, no YouTube, sobre como a vida dele e a do cantor se cruzaram.


'Nossa relação salvou a vida dele'

Os dois acabaram se aproximando ainda mais quando Milton Nascimento, na época com 75 anos (em outubro ele completa 80), ficou entre a vida e a morte num hospital do Rio, como seu próprio filho relatou:

Leia Também

"Depois de um tempo, ele começou a ficar mais debilitado de saúde.O Japa (funcionário do cantor) me ligou e perguntou se eu conseguia ir encontrá-lo no hospital. Ele estava muito mal e perguntava por mim o tempo todo. Milton estava com pico de pressão e quase morrendo. Peguei meu carro e corri de Juiz de Fora para o Rio. Na hora em que entrei no quarto, ele estava na maca, olhou para mim e disse: 'Você veio!'. Foi o momento em que me senti mais amado na vida. Parecia que tudo estava resolvido. Ele chegou para mim e perguntou se eu aceitava ser filho dele. As pessoas acham e falam que nossa relação salvou a vida dele".

'É inacreditável a pureza dele'

Depois desse dia, com a relação de pai e filho já estabelecida, não demorou para Milton Nascimento retornar aos palcos numa turnê só interrompida pela pandemia. Mas, entre um baile da vida e outro, vieram as críticas e os julgamentos.

"As pessoas são tão maldosas que queriam romantizar nossa relação depois que aparecemos como pai e filho. Ele se mudou do Rio para Juiz de Fora para que ficássemos juntos. Teve esse momento de as pessoas querendo erotizar o que a gente tinha um com o outro. Mas chegou o momento também que falei: 'Dane-se!'. Se não fosse uma relação tão real e verdadeira, acho que esses julgamentos pesariam para mim. Milton me ensinou ser uma pessoa afetuosa como eu nunca tinha sido. É inacreditável a pureza dele".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários