Karol Conká, apresentadora do GNT
Reprodução/Instagram @karol Conká | Bob Paulino
Karol Conká, apresentadora do GNT


A cantora e ex-BBB Karol Conká assumiu, na noite desta quinta-feira (3), que era viciada em masturbação aos 19 anos. Na estreia da segunda temporada do programa "Prazer Feminino", no GNT, Conká relembrou o momento.

A ex-BBB explicou que parava de trabalhar, quando estagiária, para ir ao banheiro se masturbar. “Eu já fui viciada em masturbação, gente. Quando eu estava com 19 anos e estava trabalhando de estagiária, eu parava e ia ao banheiro me masturbar. Eu achava que era um problema, mas no meu caso era descoberta do tesão. Eu também achava que estava fazendo errado até começar a ler que estava sentindo prazer comigo. Meu primeiro orgasmo foi comigo mesma", relembrou.


Karol Conká contou que recebia broncas da mãe quando era flagrada se masturbando. "Gente, tinha seis anos e me tocava. Minha mãe pegou e me deu umas chineladas: 'pare com isso'. Eu falei: 'Deus, livrai-me dessa sensação gostosinha'. Aí, eu achava que se eu fizesse promessa, ia passar", disse Karol, que completa. “O que eu fazia? eu fingia que ia no banheiro fazer cocô. Aí, pegava uma toalhinha, fazia uma bolinha, colocava no chão e deitava em cima porque até então não sabia que dava para me masturbar com os dedinhos. Então, eu deitava em cima e ficava me esfregando".

** Kadu Brandão é jornalista pela UFBA, pós-graduando em MKT e Redes Sociais, soteropolitano e cheio de axé. É especialista em reality show e Carnaval. Tem passagem por CBN, Globo Esporte, iBahia e Bahia FM, além de contar com atuação em assessorias. Tem colaborações para UOL e CBF, e apresenta o “Podmiga”, podcast de reality show. No iG, escreve para o iG Gente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários