Tiago Leifert brincou com hashtag 'fora Tiago'
Reprodução/Globo
Tiago Leifert brincou com hashtag 'fora Tiago'

Tiago Leifert não está no comando do "Big Brother Brasil 22", mas como bom amante do programa está antenado nos acontecimentos da edição.

O ex-apresentador do reality, substituído este ano por Tadeu Schmidt, brincou com uma hashtag levantada por internautas nesta madrugada e manhã de segunda-feira. "Fora Tiago" dominou os assuntos mais comentados do Twitter.

"Aquele alívio de saber que pela primeira vez em 5 anos não sou eu", escreveu o jornalista em seu Instagram.

A hashtag foi usada por internautas depois que o participante do Camarote do "BBB 22", Tiago Abravanel, fez um discurso sobre o jogo da discórdia, tradicionalmente feito nas segunda-feiras de programa. A dinâmica serve para colocar fogo no parquinho, como dizia Tiago Leifert.

"Por que esse jogo precisa ser um inferno para ser interessante? Por que a gente não pode viver de uma maneira justa e legal e se respeitar?", disse o participante ao propor: "Se amanhã tiver jogo da discórdia, a gente vai fazer uma revolução para que isso não aconteça. Pelo menos agora, até ela chegar na eliminação. Sei lá se a gente tiver que fazer isso".

Leia Também


Abravanel falou sobre isso depois que Naiara Azevedo disse aos brothers que não estava bem na casa e queria sair do jogo. A sister está emparedada junto com Luciano e Natália. O neto de Silvio Santos conversava na cozinha com outros participantes sobre formas de amenizar o clima tenso na casa e o sentimento descrito pela cantora sertaneja.

Os amantes das tretas no "BBB" não gostaram muito da proposta do artista e usaram a hastag nas redes: "O Tiago querendo acabar com o 'BBB22'", escreveu um perfil.

"Hoje terei pena do Tadeu que vai ter que se esforçar para salvar essa bomba no jogo da discórdia", disse outro. "O povo gosta de treta mesmo!", apontou mais um internauta.

"Tiago, sou seu fã, mas a gente gosta do fogo no parquinho. A gente não quer colônia de férias não", escreveu Rico Melquiades no Twitter.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários