Helô Pinheiro fala de mágoa com Gisele Büdchen
Reprodução/Instagram
Helô Pinheiro fala de mágoa com Gisele Büdchen

Helô Pinheiro, de 76 anos, falou da mágoa que guarda de Gisele Bündchen, pela top model ter desfilado na abertura dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, ao som de "Garota de Ipanema". Verdadeira detentora do título, Helô foi a musa inspiradora da canção criada por Vinicius de Moraes e Tom Jobim, mas foi Gisele quem ganhou os holofotes com a música na ocasião.

"Eu fiquei realmente indignada, porque ela não é carioca, não é do Rio de Janeiro, e a música tem a ver com o Rio. Não que ela não merecesse estar ali desfilando, mas que tocasse uma 'Aquarela do Brasil', ou uma música brasileira, mas não aquela que eles me deram de presente. Doeu no meu coração", desabafou Helô em entrevista a Sergio Mallandro e Luiz França no podcast "Papagaio falante", na noite da última quinta-feira.

A mãe de Ticiane Pinheiro lembra a revolução que ocorreu na época e lamenta o fato de Gisele não ter ligado para ela para se explicar.

"Você não sabe a revolução que foi isso. Porque ela poderia encontrar comigo no meio da passarela, e uma dar uma forcinha para outra, qualquer mimo, e tudo bem. Mas não. Foi uma coisa tão doída, eu não esperava. E depois, também, eu pensei: ela vai ligar, para dizer o porquê, mas nunca ligou. Ela conhece bem a Tici (Ticiane Pinheiro), que é minha filha, não custava nada", lamentou.

Helô conta ainda o carinho que recebeu de Anitta, antes da cantora lançar, no ano passado, a música "Girl from Rio", sua versão de "Garota de Ipanema".

"A Anitta me ligou, depois ainda me mandou uma vitrolinha com o disco. Foi super simpática, super educada. Acho que isso é uma questão de gentileza. Agora, a Gisele, realmente pisou na bola".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários