Rodriguinho revela depressão
Reprodução/Globo
Rodriguinho revela depressão


O cantor Rodriguinho assumiu, na manhã deste sábado (18), que sofreu com a depressão após o fim do casamento com Nanah Damasceno e o início da pandemia do coronavírus.

Em entrevista ao programa "É de Casa", da Globo, o cantor de pagode, que fez muito sucesso nos "Travessos", relembrou os momentos em que se sentiu sozinho no distanciamento social. Rodriguinho 

"Me separei uns dois meses antes [do início da pandemia], perto do fim do ano. Quando chegou a pandemia, entendi que estava sozinho. Estava dentro de casa, meus filhos e minha mulher não estavam. Tive depressão. Agora, há quatro, cinco meses atrás.  Um quadro bem forte. Foi uma barra passar por isso. Nessa pandemia você teve que aprender a se olhar. Deus está mostrando que somos todos iguais", revelou Rodriguinho.

Leia Também


Rodriguinho e Nanah terminaram o casamento de 12 anos após as denúncias de agressão por parte da ex-participante do reality "Ilha Record". Rodriguinho creditou a Nanah a conversão da religião e confessou que as pessoas não acreditam na mudança. 

"Não era evangélico. Eu era casado e minha esposa se converteu e eu não. Um dia tava chovendo ela me pediu para levar no culto, ouvi o louvor. Quis ver, sentei na igreja e fiquei até o final. Não imaginava um som daquele no Brasil. As pessoas acham que não é sério, não dão credibilidade", completou o cantor.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários