Kelly Piquet trabalha como colunista e relações Públicas
Reprodução/Instagram
Kelly Piquet trabalha como colunista e relações Públicas

Kelly Piquet é filha do piloto brasileiro, e tricampeão mundial de Fórmula 1, Nelson Piquet e da modelo neerlandesa Sylvia Tamsma. A modelo e colunista de moda é responsável por cuidar das mídias sociais da Fórmula E e, por conta disso, e da influência do seu pai, ela conheceu Max Verstappen.

Desde outubro de 2020, Kelly Piquet namora com o piloto neerlandês Max Verstappen. O casal assumiu a relação em janeiro de 2021. Antes de conhecer Verstappen, a filha de Nelson Piquet já havia se relacionado com outros pilotos.

Em 2003, Kelly Piquet teve um relacionamento breve com o piloto brasileiro Alexandre "Xandrinho" Negrão, e em janeiro de 2017, ela assumiu seu relacionamento com o piloto russo Daniil Kvyat, que na época, pilotava pela Scuderia Toro Rosso. O ex de Kelly Piquet é o rival de Verstappen na Fórmula 1 da Red Bull.

Em julho de 2019, Kelly e Daniil tiveram uma filha. Penélope, nasceu em Mônaco. Em dezembro do mesmo ano o relacionamento chegou ao fim.

Kelly Piquet e Max Verstappen contaram estar namorando durante uma viagem aos Lençóis Maranhenses no início de 2021, quando publicaram fotos juntos em suas redes sociais.

Leia Também

O irmão de Kelly, e herdeiro de Nelson Piquet nas pistas, o piloto Nelsinho Piquet, contou, em entrevista exclusiva ao site "Motorsports" o que acha do cunhado, e como é a relação dele com a sua família.

O piloto Max Verstappen, atual cientista ampeão de Formula 1, ao lado da esposa
Reprodução/Instagram
O piloto Max Verstappen, atual cientista ampeão de Formula 1, ao lado da esposa

"O Max eu conheço desde que ele era meu vizinho em Mônaco. Ele teve uma vida muito em casa, com os pais o tempo inteiro. O pai dele (Jos, que correu por Benetton, Simtek, Footwork, Tyrrell, Stewart, Arrows e Minardi) fazia o próprio motor dele, o próprio kart, viajava junto...", disse.

"Então, de um ano para o outro, ele teve uma liberdade, teve dinheiro na conta, e a vida dele mudou muito rápido. Ele corria de Fórmula 3 e morava em casa com o pai. De repente, ele está morando em Mônaco e era o meu vizinho de porta, morando sozinho, com dinheiro na conta para fazer o que ele quisesse... Então as coisas mudaram muito rápido para ele. Depois disso, rapidamente ele foi ganhando muito dinheiro e muita atenção", explicou Nelsinho.

"Então eu não culpo muito essa... Não vou chamar isso de arrogância, mas esse ego que ele tem. E, desculpa, mas piloto bom, às vezes, tem que ser arrogante em algumas horas, né? Acho que é uma característica de alguns deles."

"Mas é uma mistura de confiança com ego. Enfim, é uma linha tênue que você cruza, mas eu não acho ele (Verstappen) folgado. É um piloto novo que às vezes não tem a melhor postura do mundo na frente das câmeras, mas, de certa forma, ele está meio que um pouco se lixando sobre isso. A única coisa que ele quer saber é de ganhar. De ganhar, de estar em um carro bom, de trabalhar...".

"O Max é o que ele é, então acho que o meu pai respeita um pouco isso nele, porque ele não tenta ser outra pessoa na frente das câmeras, ele não tenta fingir. A opinião dele é essa e pronto e acabou."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários