Chico César é vítima de racismo em programa de rádio da Paraíba
Instagram
Chico César é vítima de racismo em programa de rádio da Paraíba


Chico César foi vítima de racismo no programa de rádio, "Fala Conde", da cidade de Conde, na Paraíba. Durante o o programa, o apresentador Byra de Jacumã chamou o artista de "negrinho" e "praga".


"Acabaram com nosso carnaval, que era nosso cartão posta. Fizeram um carnaval para eles. Era aquele negrinho tocando violão nu, como era o nome dele, de Catolé do Rocha? Esqueci o nome daquela praga, ninguém se lembra mais dele. Deixa para lá", afirmou o apresentador.

Leia Também

Em seguida, Byra disse que se referiu ao cantor Chico César ao ser perguntado por Renato Vieira, seu companheiro de apresentação.

Nas redes, os comentários foram questionados pelos fãs de Chico Cesár. "Chico César, sofreu racismo um preconceito criminoso e cruel, quem é Chico, simplesmente dos dos melhores cantor e compositor do Brasil, quer mais o tá bom. Infelizmente vivemos num país racista e preconceituoso q me dá vergonha de ter nascido no Brasil.", escreveu Lourenço Faria. "Chico César foi citado em programa de rádio onde o apresentador se referiu a ele como "negrinho" e "aquela praga". Criminoso! Deveria ser preso. Chico César é patrimônio cultural deste país. Sorte da música brasileira tê-lo. Esse vexame de país. Saibam!", apontou outro. "Desrespeito absurdo, tratar um artista genial como Chico César desta forma", completou mais um.

Até o momento nenhuma das partes se pronunciaram sobre o ocorrido.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários