Cantora Walkyria Santos voltou a desabafar sobre morte do filho
Reprodução
Cantora Walkyria Santos voltou a desabafar sobre morte do filho


A cantora Walkyria Santos voltou a usar as redes sociais na quinta-feira (5) para desabafar após a morte do seu filho , Lucas Santos.

Lucas tinha 16 anos e tirou a própria vida depois de receber críticas em um vídeo postado no TikTok onde aparecia fingindo que ia beijar um amigo. Walkyria explicou que o filho não era gay, mas que o amor não mudaria caso o menino fosse LGBTQIA+. 


Você viu?

"Muitos estão perguntando: ‘mas ele era gay e estava com medo de assumir?’. Não, gente, meu filho não era gay. E, se fosse, seria meu filho do mesmo jeito. Foi uma brincadeira de adolescente que ele achou que ia ser engraçado, mas as pessoas não entenderam. Por isso que eu e a tia dele pedimos para ele apagar o vídeo, porque eu sei o quanto a internet está doente, eu vivo na internet, e sei que a cabecinha dele não ia aguentar os comentários maldosos e foi isso que aconteceu. Então, parem de julgar. Se ponham um pouco no nosso lugar", desabafou a cantora de forró.


Walkyria pediu para que os internautas parassem de criar perfis falsos com o nome de Lucas nas redes sociais. A cantora ainda solicitou ajuda dos fãs e famosos para a divulgação do projeto de lei "Lucas Santos", que criminaliza a prática de comentários de ódio contra crianças e adolescentes na internet.




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários