Príncipe Harry
Reprodução/Youtube
Príncipe Harry

Após revelar que usava drogas para superar a morte da mãe (Diana) , o Príncipe Harry anunciou recentemente que lançará um livro de memórias em 2022. Em declarações à imprensa britânica, experts em Realeza tem declarado que o livro será "devastador". Isso por que o nobre tem uma série de rusgas mal resolvidas com a Família Real britânica, seja o episódio de racismo envolvendo seu filho ou até mesmo a briga com o irmão, William. 

O expert em família real Robert Johnson declarou ao Portal Femail: “Sem dúvidas será um best-seller, mas a que custo para a monarquia? Ele não tem nada a peder ou esconder”, disse o intelectual, dizendo em poucas palavras que Harry "colocará a boca no trombone".

Outro expert, Richard Fitzwilliams, declarou ao MailOnline que Harry "exorcizará seus demônios" com o livro. "Harry deve entrar em detalhes sobre como a família reagiu às queixas de saúde mental de Meghan, além das acusações de racismo e isso será extremamente danoso para a Casa Windsor e para a Monarquia como instutição”, afirma Richard.

Apesar de ter sido anunciado oficialmente há pouco, especulações apontam que Harry tem trabalhado no livro secretamente há anos. Além das polêmicas, espera-se também que o nobre fale bastante da relação com com Meghan Markle e seus filhos, Lilibet e Archie.

Comprada pela Penguin Random House, editora responsável pelos livros de Michelle Obama e Barack Obama, a biografia de Harry deve chegar às livrarias em 2022, em tempo do Jubileu de platina da Rainha Elizabeth II.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários