Acusado de matar amiga de Ashton Kutcher é preso
Reprodução/Instagram
Acusado de matar amiga de Ashton Kutcher é preso

O assassino em série Michael Gargiulo foi condenado à morte nos Estados Unidos. Ele ficou conhecido como o "estripador de Hollywood" após matar duas mulheres no começo dos anos 2000, uma delas amiga do ator Ashton Kutcher, que foi morta no dia em que tinha em encontro com o astro do cinema e televisão.

A condenação de Gargiulo foi pelos assassinatos de Ashley Ellerin, de 22 anos, e Maria Bruno, de 32. No tribunal, o condenado seguiu se declarando inocente, mas foi condenado à morte. Antes dessa pena, ele ainda vai ser julgado em um tribunal na cidade de Illinois, pois é acusado ter matado uma mulher lá em 1993.

Ashton Kutcher foi uma das testemunhas do tribunal. O ator contou que foi à casa de Ashley Ellerin para levá-la para sair, mas ao tocar a campainha ninguém respondeu. Ele disse que olhou pela janela e viu o que pensou que seriam manchas de vinho na escada. A vítima foi encontrada no dia seguinte por uma amiga que morava com ela, que viu o corpo esfaqueado diversa vezes.

Gargiulo foi identificado e capturado pela polícia após a tentativa de um terceiro assassinato. Ele tentou matar uma terceira mulher a facadas, mas ela enfrentou o serial killer, que conseguiu fugir, mas deixou marcas de sangue para trás e assim a polícia foi capaz de rastreá-lo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários