Silvio Luiz e Manno Góes
Reprodução
Silvio Luiz e Manno Góes


O compositor baiano Manno Góes, que fez parte do tradicional grupo Jammil e Uma Noites, criticou o narrador esportivo Silvio Luiz na manhã desta quinta-feira (17) através das redes sociais.

Silvio postou uma foto com uma máscara de oxigênio e gerou burburinho na web, que especulou se ele estava com Covid-19. Minutos depois, Silvio disse que estava experimentando apenas uma máscara de apnéia.



A publicação revoltou Manno Góes, compositor do hit "Milla". O artista perdeu o pai por causa de complicações em decorrência do coronavírus e fez um desabafo em seu perfil oficial no Instagram.


"De um lado, tem @silvioluiz, um jornalista decadente e bolsonarista, brincando em suas redes sociais de estar com Covid, quando na verdade estava apenas fazendo um teste para seu ronco de trator velho. Do outro, está meu pai, dois dias antes de morrer, em imagem que nunca publiquei, sofrendo por falta de ar, sem conseguir nem ter forças para ter apnéia. Enquanto um filho da puta bolsonarista brinca de ganhar likes em suas páginas de redes sociais, uma pessoa que a gente ama morre. Morre por falta de vacina. Por falta de empatia. Por falta de consciência social. Eu perdi meu pai. Mas não vou perder minha indignação. Silvio Luiz; você é um escroto.”, escreveu Manno.

A apresentadora Astrid  Fontenelle confortou o amigo e criticou o jornalista. "Meus sentimentos, manno!! E quanto ao escroto do silvio luiz….. q se f*da com seu ronco!!!", escreveu.

Você viu?

Pelo Twitter, Manno respondeu ao narrador esportivo diretamente. "Silvio Luiz; vc é um velho patético. Aliás; todo bolsonarista é. À propósito, vc sempre foi um chato de galocha narrando. Se lambuze de cloroquina enquanto brinca de publicar fotos aludindo a 500 mil mortes para brincar com seu ronco.", pontuou Manno.

Recentemente, Manno Góes se envolveu em uma polêmica com o cantor Netinho, apoiador do presidente Bolsonaro. Manno reclamou do uso da composição "Milla" por Netinho durante ato pró-Bolsonaro em maio. Ele entrou na justiça e impediu que a deputada Carla Zambelli mantivesse no YouTube o vídeo com a canção. "Eu NÃO AUTORIZO esse débil mental de cantar minha música", escreveu Manno no Twitter na época.

Após a polêmica, Netinho anunciou que ia processar o compositor por danos morais.


Veja tweets:




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários