Arlete Salles relembra preconceito por namorar Tony Tornado
Reprodução/TV Globo
Arlete Salles relembra preconceito por namorar Tony Tornado

Arlete Salles foi a convidada do "Conversa com Bial" da madrugada deste sábado (12) e relembrou o preconceito que sofreu durante os sete anos em que manteve um relacionamento com Tony Tornado . Os dois atores namoraram e foram casados quando estavam ainda no começo da carreira e sofreram preconceito de muitas pessoas que não aceitavam a relação interracial de um negro com uma branca.

"Eu completamente despreparada e até ingênua para viver um percurso desses. Mexer com preconceito é uma coisa muito difícil. O preconceito tem uma violência insuspeitável para quem nunca viveu", diz a atriz.

"Quando eu vi, estava no meio daquele furacão. Sendo achincalhada, ofendida e humilhada. Fui ficando trôpega e assustada De repente aquela história não era mais minha, as pessoas se tornaram donas daquela história", Arlete Salles continua.

A atriz lembra que as pessoas também a criticavam porque ela se divorciou de Lúcio Mauro e depois começou o relacionamento com Tony Tornado. "Isso foi um álibi perfeito para os racistas porque foi para o lugar da moralidade: 'ela está abandando uma família para seguir com um amante'. Aí bateram mais, sofri muito nesse momento", lembra.

Arlete fala que só conseguiu superar essa fase e voltar a receber o carinho do público por conta de seu trabalho. A artista estava gravando "Selva de Pedra" na época e fala que a autora Janete Clair sentia muita compaixão pelo que ela estava vivendo, por isso aumentou o espaço da atriz na trama e assim Arlete Salles reconquistou a admiração que tinha.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários