Ainda na ativa e com uma trajetória de sucesso, Tony Tornado comemora 90 anos de idade nesta terça-feira (26). Com mais de 40 anos na vida artística, o ator e cantor foi um dos principais responsáveis por trazer a música soul para o Brasil e interpretou papéis importantes na teledramaturgia brasileira. Além do sucesso na carreira, a vida pessoal de Tony também impressiona neste 90 anos.

Tony Tornado
Reprodução/Instagram
Tony Tornado comemora 90 anos nesta terça-feira (26)


1- O pai de Tony está vivo, com 108 anos

Tony nasceu em 26 de maio de 1930 em Mirante do Paranapanema, interior de São Paulo. Ele é filho da brasileira Maldy Pessanha Viana e de um pai imigrante.  Ray Antenon nasceu em Georgetown, capital da Guiana, e é um dos sobreviventes da seita de Jim Jones, líder religioso que foi responsável por assassinatos e suicídios em massa no país vizinho ao Brasil . O pai de Tony se mudou para o interior de São Paulo, onde foi escravizado, mesmo com a lei da abolição já vigente. Ray está com 108 anos e vive o sétimo casamento. Além de Tony, ele diz ter outras centenas de filhos. "Isso é possível pela profissão dele enquanto escravo e tudo o que ele passou e viveu", contou o artista em entrevista a uma publicação do Sesc São Pauo.

2 - Tony foi menino de rua

Na pré-adolescência, Tony fugiu de casa. Ele já tinha a vontade de ser artista e via poucas oportunidades para seguir essa carreira no interior de São Paulo. Por isso, ele foi para o Rio de Janeiro, onde sobreviveu vendendo amendoim e engraxando sapatos.

3- Ele serviu como soldado ao lado de Silvio Santos

No anos 40, Tony tinha que servir ao exército. Ele conta que tinha o desejo de ser paraquedista e se alistou na Escola de Paraquedismo de Deodoro em 1948. No exército, ele serviu ao lado de ninguém menos que Silvio Santos . Nessa época, o cantor e ator também conheceu Gregório Fortunato, o responsável pela segurança de Getúlio Vargas, homem que ele interpretaria anos depois na minissérie "Agosto". Além disso, Tony ainda lutou no Canal de Suez , no Egito, como contou em entrevista a Pedro Bial. Em 1963, ele deixou as forças armadas

4- Foi cafetão nos Estados Unidos e amigo de Tim Maia

A carreira artística para Tony começou com imitações do cantor americano Chubby Checker. Assim, ele acabou entrando no mundo da música e fez parte do grupo Coisas do Brasil, com o qual se mudou para os Estados Unidos. Ele morou no Harlem , em Nova York, onde trabalhava em uma balada como cafetão, algo do qual ele diz não se orgulhar, mas aceitou o emprego porque era a oportunidade que tinha. P or lá, o cantor teve contato com ritmos musicais como o soul e também com os movimentos de luta pelos direitos civis. Foi também na América do Norte que ficou amigo de Tim Maia , a quem se refere como Sebastião.

5 - Foi preso algumas vezes durante a ditadura militar

Quando voltou ao Brasil, Tony trouxe na bagagem a luta no movimento negro. Em 1971, ele estava no Maracanãzinho e assistia a  Elis Regina cantar "Black is Beautiful". Sem pensar duas vezes, ele invadiu o palco e levantou o punho no gesto dos Panteras Negras, grupo que lutava pelos direitos dos negros nos Estados Unidos. Tony saiu do palco algemado e conta que foi pego pelo DOPS umas nove vezes no total . O artista fazia parte da banda Black Rio e nos intervalos dos shows eles gritavam palavras de ordem e acabavam presos pelos militares.

Tony Tornado e Elis Regina
Reprodução/Instagram
Tony Tornado ao lado de Elis Regina


6 - Tony já foi casado com Arlete Salles

Durante o período em que começava a ficar famoso no Brasil e lutava pelos direitos da população negra, Tony se apaixonou por Arlete Salles . Os dois namoraram e foram casados por 7 anos. Em entrevista a Pedro Bial, o ator contou que naquela época foi uma grande polêmica ele, militante pelos direitos negros, estar em um relacionamento com uma loira. 

7 - Viveu no exílio

Além de ter sido preso, Tony também teve que se exilar do Brasil. O primeiro lugar em que ele foi morar foi no Uruguai. Em entrevista à revista do Sesc, ele detalha que o Bloco Socialista o enviou para países como Coreia do Norte, Angola, a antiga Tchecoslováquia, Honduras, Dinamarca e outros, antes de retornar ao Brasil.

8 - Ganhou o Festival Internacional da Canção

Um dos principais marcos da carreira de Tony foi vencer o Festival Internacional da Canção. Ele foi convidado para cantar a música " BR-3 " e mostrou o soul que tinha aprendido no exterior ao Brasil. Após isso, o nome de Tony estourou.


9 - Trabalhou na TV Tupi

Quando começou a fazer sucesso como cantor, Tony começou a investir em aulas de atuação. "Mesmo quando cantava eu estava representando", ele chegou a dizer a uma entrevista ao Estadão. O primeiro papel importante do artista foi o de João Corrisco em " Jerônimo, Herói do Sertão " da TV Tupi. Ele está há mais de 40 anos na televisão e fez parte dos elencos de " Roque Santeiro ", "Os Trapalhões", "Começar de Novo" e muitos outros novelas e filmes"

10- Continua na ativa como ator e cantor

Aos 90 anos, Tony Tornado continua presenteando o povo com o seu talento. Recentemente ele atuou na série " Carcereiros " da Globo, no filme "Os Farofeiros", foi um dos jurados do reality show musical " Superstar " e ainda se apresenta em shows.

    Veja Também

      Mostrar mais