MC Kevin Deolane Bezerra
Reprodução/Instagram
MC Kevin Deolane Bezerra

Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin , concedeu uma entrevista ao "Fantástico" no domingo (23). Durante o papo, a advogada desabafou. "Eu e o Kevin era amor, eu quero continuar o amando. Respeitem a memória dele, julgar uma pessoa que não está aqui para se defender não é válido", disse ela.

Em conversa com o programa dominical, Deolane confirmou que  MC Kevin fez uso de drogas ilícitas na noite de sua morte, como a droga sintética MD e maconha. No hotel, ela contou que o funkeiro foi chamado para renovar a diária de dois amigos. Enquanto isso, para evitar briga, ela o bloqueou e foi dormir. "Quando acordei vi que ele me mandou a localização, vídeo dizendo que me amava, disse que se eu quisesse ir lá ou ligar por vídeo, eu poderia, mas eu estava dormindo, não acordada", lembrou.

À reportagem, Deolane alegou que acordou por volta das 6h05 quando uma amiga e o namorado bateram na porta do quarto. "O Lucas fala 'cadê o Kevin?' Eu falo que não sei e o Lucas desceu para procurar ele. Daqui a pouco ele volta: 'O Kevin se jogou'", narra ela, que continua. "Eu não entendi, queria descer e eles não deixam. Quando eu desço, não consigo ter acesso ao corpo do Kevin, [só] vejo a maca trazendo ele e entrando na ambulância". Deolane diz que foi no velório de MC Kevin que caiu na real: "Perdi o amor da minha vida. Sinto muito falta dele, do cheiro. Nunca fui tão amada e nunca amei tanto em tão pouco tempo". 

Após a morte de MC Kevin, uma série de versões da história foram contadas à Polícia Civil do Rio de Janeiro. Cansada com a repercussão, a viúva lamentou. "Eu só queria saber a verdade. Que ele estava me traindo eu já sei". 

No domingo (23) um laudo da perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) concluiu que a morte do funkeiro foi acidental. MC VK e Jonathas Cruz, em entrevista ao "Domingo Espetacular", negaram ter feito qualquer brincadeira que pudesse estimular MC Kevin a pular pela varanda.  Cruz, por sua vez, atribuiu a causa da morte ao excesso de drogas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários