Juliette Freire
Reprodução/Instagram
Juliette Freire

O dinheiro do prêmio conquistado por  Juliette no "Big Brother Brasil 21" já tem uma parte de destino: pagar a cirurgia do coração da mãe da maquiadora. Dona Fátima Freire sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) em 2019 por ter uma má formação no órgão. A doença trouxe sequelas.

— Até hoje Fátima não recuperou a frmeza das mãos e, às vezes, sente desconfortos — explica Monaliza Novais, amiga de Juliette .

A má formação no coração de Fátima está relacionada ao forame oval patente, um orifício localizado no músculo, que possibilita, durante a gestação, que os bebês recebam sangue oxigenado da mãe. Nos primeiros meses de nascimento, ele é fechado naturalmente, na maioria dos casos. Quando isso não ocorre, a abertura pode causar a passagem de coágulos de sangue do lado direito para o esquerdo do órgão, o que causa o AVC.

Para além da gravidade da doença, o derrame despertava traumas na paraibana, que já tinha visto a irmã, de 17 anos, morrer. Foi então que Juliette passou a cuidar ainda mais da mãe, quase como uma inversão de papéis. Monaliza acompanhou a atual confinada do  "BBB 21" quando Fátima precisou ser internada as pressas.

— Foi bem desgastante. Ficamos todos muito tensos. A mãe dela mora em Campina Grande e Juliette foi de ônibus de João Pessoa para lá. Eu liguei para todo mundo que conhecia. Amigos médicos, enfermeiros, avisei a outros amigos de Juliette. Minha amiga ficou abalada, mas sempre muito forte. Deu tudo certo. Depois, dona Fátima passou um tempo em João Pessoa em nosso apartamento — relembra.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários