Kika Paulon, ex-editora da Playboy
Reprodução Instagram / Divulgação
Kika Paulon, ex-editora da Playboy

Kika Paulon, ex-editora visual da Playboy , revelou em live realizada no Instagram alguns truques usados nos ensaios da revista masculina . Um deles chamou atenção do público por seu caráter inusitado. 

Segundo a ex-editora, que ficou no cargo por sete anos, era comum entre mulheres musculosas que tomavam hormônio masculino passar cola de cílio no clitóris para escondê-lo e não mostrá-lo nas fotos.

“Eu nunca tinha ouvido falar disso até chegar na Playboy . Na revista Trip [onde trabalhou anteriormente] não tinha nudez explícita, então eu não via esse tipo de coisa. Na Playboy, elas tiravam a calcinha e saía um pedaço de carne, um mini pênis”, lembrou Kika Paulon.

À época, algumas mulheres usavam hormônio masculino par conquistar um corpo mais musculoso. “Não era bonito de se ver na Playboy… no Photoshop, não dava para tirar, então armamos esse truque [da cola de cílios]”, comentou.

Você viu?

“Nós usávamos cola para cílios, atóxica, transparente, que sai na água. Pedíamos para a modelo colocar as coisinhas para dentro e então colávamos as ‘bochechinhas’ [da vagina] e segurávamos por 30 segundos, com luva de látex tudo certinho. […] Algumas eu apertava por um minuto”, acrescentou ela, que reforçou. "E [a cola] segurava, só não podia entrar na água”.

Além da cola, outro truque revela Kika Paulon foi o "dos mamilos rígidos". Segundo ela, a equipe utilizava uma latinha de bebida bem gelada para isso.

"A gente pegava a latinha muito gelada e colocava no seio da menina para ficar contraído, arrepiado. [Colocava] gelo, o que tivesse gelado na hora e ia", concluiu. Assista ao papo na íntegra.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários