Edson Aran revela que a capa dos sonhos dele para a Playboy era com Carolina Dieckmann
Reprodução/Instagram
Edson Aran revela que a capa dos sonhos dele para a Playboy era com Carolina Dieckmann

Edson Aran esteve à frente da  Playboy durante sete anos. Ele foi diretor da revista masculina de 2006 a 2013 e ao longo desse tempo trabalhou com diversas celebridades. Porém, nem todos esses trabalhos foram positivos. Ele lembra de algumas edições bem desgastantes de serem produzidas por conta da famosa que estava sendo fotografada.

"A Iris (Stefanelli) me encheu muito o saco na hora de fechar o contrato. Mas depois a gente ficou amigo, se encontrou em festa e tal. Mas na hora de fechar ela foi um porre", contou em entrevista ao canal Clube da Vip, no YouTube. O ex-diretor também revelou que já rasgou o contrato de negociação com uma famosa. "Enchi o saco da mulher e disse que não faria mais, de tanto que ela encheu o saco", disse e depois deixou escapar que essa história aconteceu com a apresentadora Babi Xavier.

Além da parte ruim do trabalho, Aran também revelou quais eram suas capas dos sonhos. "Meu sonho era a Carolina Dieckmann na capa, mas não foi possível. Teve sondagem, mas nunca chegou a avançar. Na verdade, a gente sondava todo mundo", disse.

Ele contou que outra famosa que requisitavam sempre era Luana Piovani. "A gente ligava todo ano e ela não queria fazer. Ela sempre colocava uns cachês absurdos e inviáveis", relembra. O ex-diretor conta que foi durante uma dessas sondagens com a Luana que ele deu início às negociações com Cleo, que posou nua em 2010. "Conversando com o agente da Luana na época, ele disse que ela nunca toparia, mas que a Cleo, sim. Foi um cachê alto, me tirou muitas noites de sono", recorda.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários