Letícia Spiller e Dani Calabresa
Reprodução Instagram
Letícia Spiller e Dani Calabresa

Na noite da última quarta-feira (09), Letícia Spiller usou seu perfil no Instagram para se desculpar por tecer elogios a Marcius Melhem , ex-diretor da Globo que está sendo acusado de assédio contra Dani Calabresa.

"Em primeiro lugar, eu jamais apoiei ou apoiaria alguém que cometeu um ato de abuso, assédio ou violência. Pelo contrário, instintivamente eu tendo sempre a ficar do lado da vítima, especialmente se for uma mulher. Eu também jamais ficaria contra a Dani Calabresa. Eu jamais colocaria em dúvida os relatos dela ou tudo que ela passou, tudo que qualquer outra mulher ou qualquer vítima de abuso tenha passado", iniciou Spiller.

"Por isso, se eu disse alguma coisa que ficou aberta a uma interpretação equivocada, eu quero pedir muitas, mil desculpas. Perdão por ter dado margem a esse tipo de pensamento tão contraditório ao que eu penso, ao que eu sou. Quem me conhece sabe que eu jamais falaria algo assim", seguiu.

"Quero pedir desculpas aqui à Dani Calabresa especialmente, a todas as minhas colegas, todos os meus colegas de trabalho, pessoas que foram vítimas de abuso, de assédio, de violência, assim como eu tenho amigas próximas, amigos que passaram por isso, e eu sei o quão sério isso é, jamais gostaria de ser vítima disso, e fico muito triste de que tenha tido essa interpretação. Em momento algum eu quis dizer isso. Eu espero que vocês acreditem em mim e compreendam que às vezes até eu, que sou uma comunicadora, sou uma atriz, às vezes posso me expressar mal através das palavras. Às vezes, realmente, é melhor não falar nada", completou. 

Entenda o caso

Letícia Spiller diz que Marcius Melhem era uma
Reprodução
Letícia Spiller diz que Marcius Melhem era uma "pessoa querida"

Tudo começou no início da semana, quando Letícia Spiller concedeu uma entrevista à rádio PlayFM, do grupo Bandeirantes de Comunicação. Durante o papo com os apresentadores, a atriz afirmou que Dani Calabresa "demorou muito pra fazer essa denúncia" de assédio sexual . Além disso, teceu alguns elogios ao ex-diretor.

"Eu tive a sorte de nunca ter sofrido esse tipo de coisa. Porque, se eu tivesse sofrido, eu ia colocar a boca no mundo na hora, não iria esperar quatro anos. Por um lado acho muito bacana que as mulheres têm mais voz, mas por outro acho que demorou muito para fazer essa denúncia", disse a loira, à situação.

"Por outro lado eu conheci o Marcius e nunca me pareceu uma pessoa que fizesse esse tipo de coisa tão agressiva. Uma pessoa muito, querida, inclusive. É duro receber uma notícia sobre uma pessoa querida, de bom coração. Por outro lado acho que as mulheres têm que ter coragem de falar, porque esse tipo de coisa não pode existir”, continuou.

Marcius Melhem está sendo acusado de assédio sexual e moral por Dani Calabresa e outras 11 atrizes, todas representadas pela advogada Mayra Cotta. O caso não é novo, mas voltou à tona desde que uma reportagem da revista Piauí, dando detalhes dos abusos, foi veiculada na grande imprensa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários