Dani Calabresa e Marcius Melhem
Divulgação/TV Globo
Advogada de Dani Calabresa rebate acusação de Marcius Melhem

Marcius Melhem falou que vai processar a advogada Mayra Cotta , que representa as mulheres que o acusam de assédio. O ex-diretor do núcleo humorístico da Globo fez essa declaração após a nova repercussão do caso, com a exposição dos detalhes dos assédios que Dani Calabresa teria sofrido . Em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini, para o "Domingo Espetacular", a advogada lamentou a postura do comediante.

"Eu acho lamentável que uma advogada, representando vítimas de assédio sexual, seja colocada também na posição de vítima diante de uma ameaça desse tipo. Eu acho perigoso que a função de advogada esteja sendo ameaçada desse jeito", ela declarou.

Cotta também comentou o fato de Marcius Melhem estar negando as acusações e tentando desvalorizar as denúncias. "É uma tática antiga entre os assediadores, de tentar desacreditar, de reduzir a dor das vítimas", analisa. A advogada também reforçou que existem provas dos assédios, como as palavras das supostas vítimas, as testemunhas e a própria investigação interna tocada pela Globo. "Faltou reconhecimento da gravidade do caso delas", completou Cotta sobre a ação da emissora.

Melhem não concedeu uma entrevista ao programa da Record, mas enviou uma nota a Cabrini. "Advogada Mayra Cotta vai mais uma vez à imprensa ao invés de ir à Justiça para buscar reparação às mulheres que ela representa. Venho a público dizer que são acusações mentirosas. Nunca tranquei ninguém, nunca chantageei ninguém, nunca forcei ninguém a nada", disse o ex-funcionário da Globo e reforçou que pretende processar a advogada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários