Rafael Miguel e Paulo Cupertino
Reprodução/Instagram/Polícia Civil
Rafael Miguel e Paulo Cupertino

Paulo Cupertino Matias, acusado de matar o ator Rafael Miguel, estava escondido em um sítio na cidade de Eldorado, no Mato Grosso do Sul. O foragido usou uma identidade falsa para arrumar emprego como cuidador de gados

O pai de Isabela Tibcherani, namorada de Rafael Miguel, teria ficado no local entre oito e 15 meses usando o nome Manoel Machado da Silva. Como disfarce, ele usava barba branca e comprida e um boné. Em outubro, ele fugiu novamente e seu paradeiro ainda não foi descoberto .

As autoridades foram até a cidade sul-mato-grossense e conseguiram fotos que mostram a fisionomia mais recente do criminoso, segundo informações do G1.

Desde que fugiu da capital paulista, em junho de 2019, Cupertino passou por pelo menos sete cidades de três estados usando a identidade falsa para despistar os policiais.

O crime de Paulo Cupertino

O ator Rafael Miguel foi assassinado a tiros em junho de 2019, aos 22 anos de idade, no bairro Pedreira, zona sul de São Paulo. O ex-funcionário do SBT foi morto juntamente com seus pais pelo sogro dele, Paulo Cupertino Matias.

Rafael havia ido à casa de Isabela para conversar sobre o namoro com os pais dela. A família Miguel foi baleada no portão. O crime teria sido motivado por ciúme, já que o criminoso não aceitava o relacionamento da filha .

    Veja Também

      Mostrar mais