Andressa Urach, que recentemente se afastou da Igreja Universal , falou que entrou em contato com o homem que a estuprou para perdoá-lo. Em entrevista ao podcast Potter Entrevista, a escritora contou que foi vítima de abuso sexual durante a infância. Mesmo tendo perdoado seu agressor, ela defende que casos de estupradores sejam presos quando comprovado o crime.

Andressa Urach
Reprodução/Instagram
Andressa Urach diz que perdoou homem que a estuprou

"Quando o estupro é comprovado, [a pessoa] tem de ir para a cadeia e pagar pelo que ela fez. Acho que deveria até haver medidas mais severas para que isso não aconteça", disse Andressa. 

A apresentadora revelou que as memórias que ela tem dos abusos sexuais são de quando tinha entre seis e oito anos. Ela fala que seu agressor era um homem que morava com ela, "quase um avô". Eles viveram juntos desde que ela tinha dois anos, por isso a ex-participante de "A Fazenda" acredita ter sido abusada desde antes do que se lembra.

Passados anos desde as violências, Andressa Urach ligou para esse homem para perdoá-lo. "Ele me tratou muito mal, mas eu já esperava porque as pessoas são como podem ser. Cada pessoa reage de uma maneira, cada um tem uma bagagem e cada um tem um pensamento. O bonito no ser humano é respeitar essas diferenças. Eu já estava esperando essa reação ruim da parte dele", conta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários