Gugu Liberato deixou cerca de R$ 1 bilhão de herança para a família, mas os parentes do apresentador ainda teriam mais dinheiro para receber. De acordo com o site Notícias da TV, a construtora Esser deve pagar quase R$ 100 mil ao espólio do comunicador, administrado por Aparecida Liberato, referente a uma dívida antiga.

Gugu Liberato
Reprodução/Record TV
Família de Gugu Liberato briga por R$ 100 mil

Em 2017, Gugu comprou 81 salas comerciais em um prédio localizado em Barueri, município da Grande São Paulo. Ele teria arcado com o valor de duas taxas obrigatórias, que são de responsabilidade da construtora. O apresentador pagou R$ 94.835,86, mas acordou que a Esser devolveria o dinheiro em 15 parcelas. 

A dívida deveria ser quitada em 2018, mas a construtora não realizou o pagamento de nenhuma parcela. Na época, Gugu entrou na Justiça contra a empresa. Desde junho de 2019, a Esser alega não ter recursos para realizar o pagamento e, em abril de 2020, ela entrou com um pedido de recuperação judicial e deseja anular a dívida.

Porém, a empresa não faliu ainda. Três dias antes da morte de Gugu, os advogados do apresentador entraram na Justiça pedindo o reconhecimento de dinheiro nas contas da construtora e bens que podem ser penhorados para o pagamento. A ação foi acatada em janeiro de 2020 e a família do comunicador luta para receber o dinheiro.

    Veja Também

      Mostrar mais